Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

O modus operandi do fascismo

por josé simões, em 03.03.21

 

andre ventura twitter.jpg

 

 

O Ventas do Chaga pode montar uma campanha de ódio contra uma minoria, toda ela assente na mentira "os ciganos vivem quase exclusivamente de subsídios do Estado", afirmação desmentida pelo estudo do Alto Comissariado para as Migrações, mas o Ventas não pode ser desmascarado e chamado de mentiroso porque se enquadra na categoria de "ataque a opositor político" na "gestão do ensino público pelo Governo".

 

"Como é que podemos confiar na gestão do ensino pelo Governo?" pergunta o sonso Ventas a propósito de uma aula de Filosofia que levanta a questão "como é que podemos confiar na palavra de um populista que recorre sistematicamente à mentira e à desinformação para ganhar dividendos nas urnas?"

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Fazer de conta

por josé simões, em 25.01.21

 

ciganos.jpg

 

 

Porque é que ser de um concelho tradicionalmente comunista é vacina contra a ciganofobia, reflectida no score eleitoral do Ventas, nos concelhos da raia alentejana e nos urbanos da margem sul do Tejo onde essa comunidade tem forte implantação?

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

O porco na chafurda, X

por josé simões, em 21.01.21

 

ventas.png

 

 

- Podemos ver isto de duas maneiras:

 

- Que violência chama violência e quem quem passa a vida a insultar e agredir verbalmente os outros só pode esperar a retribuição, é uma questão de tempo. E depois lá virá o Calimero com o dia negro e o atentado à democracia e a liberdade e o coise e tal quando dos maiores atentados que se podem fazer à democracia e ao Estado de direito democrático são as agressões a jornalistas e a coacção à imprensa, mas isso não é merecedor de condenação ou reparo.

 

- Que Joseph Goebbels inventou tudo o que havia para inventar em matéria de propaganda e agit-prop e que agora é só ir buscar e remasterizar porque há sempre uns pobres de espírito dispostos a tudo papar.

E foi um processo em crescendo. Começou com a insinuação de fraude eleitoral. Passou para a fraude dos ciganos inventados. Uma perseguição automóvel do Bloco de Esquerda. Uma incursão em território religioso que correu mal e passou ao lado da generalidade da comunicação social. Até uma tentativa de apedrejamento por ciganos verdadeiros com cartazes da candidata que o vai remeter para a terceira posição nas Presidenciais numa luta ombro-a-ombro com o candidato comunista. Tipo a facada do Bolsonaro, mas como os ciganos modernos não usam facas os ciganos inventados estavam lá atrás preparados para que tudo corresse pelo melhor. E o melhor tinha de ser hoje, o penúltimo dia de campanha, porque se fosse amanhã, o último dia, não servia para nada porque não era notícia em lado nenhum por causa do "dia de reflexão".

 

Percebem?

 

[A montagem de Bernie Sandres na recepção cigana ao Ventas é do Nuno Alexandre]

 

O porco na chafurda, Capítulo IX

 

 

 

 

Da série "Em pequenino não conta"

por josé simões, em 14.12.20

 

 

 

Vamos todos repetir em uníssono: "Só durante a pandemia". "Só durante a pandemia". "Só durante a pandemia".

 

Miguel Sousa Tavares na entrevista a Ana Gomes sublinha que o confinamento dos ciganos proposto por André Ventura dos cigano é só durante a pandemia.

 

 

 

 

E depois queixam-se exactamente do quê?

por josé simões, em 18.11.20

 

The Great Dictator.jpg

 

 

Um deputado eleito por um partido com meses de vida, numa campanha eleitoral milionária, com o dinheiro saído ninguém sabe de onde, e sem que ninguém se tenha preocupado em investigar a sua origem, num partido pejado de nazis, skins e fascistas, antes envergonhados e agora às claras, transfugados de grupelhos nazis, legalizado com assinaturas falsificadas, irregulares e duplicadas, perante o encolher de ombros do Tribunal Constitucional, é multado por discriminar ciganos, no seguimento insulta uma deputada eleita, e o assunto nas "redes sociais", ou o caralho que lhe queiram chamar, é o valor da multa. E depois, seus palermas, queixam-se exactamente do quê?

 

 

 

Nos 75 anos do fim da II Guerra Mundial

por josé simões, em 08.05.20

 

DerSturmer.jpg

 

 

O Der Stürmer do tugão, naquele jeito único que os portugueses têm para aportuguesar todas as palavras estrangeiras, O Estrume, é raro o dia que não faça primeira página com o Ventas do Chaga. Dantes eram os judeus, hoje são os ciganos, amanhã é qualquer um de nós, se para o caso der jeito.

 

[Der Stürmer]

 

 

 

 

Portugal, segunda década do século XXI

por josé simões, em 07.05.20

 

 

 

Fórum TSF: André Ventura propõe plano de confinamento para a comunidade cigana. Apoia a proposta do Chega, ou considera que ela é racista e inconstitucional?

 

 

 

 

Não ter a puta da vergonha na cara é isto

por josé simões, em 06.05.20

 

 

 

"É lamentável que um jogador da selecção nacional se envolva em política. Espero que as autoridades do futebol não deixem que isto se torne o novo normal", diz o inominável que fez do futebol trampolim para a política.

 

 

 

 

A questão cigana

por josé simões, em 18.06.18

 

Buchenwald Concentration Camp 1945.jpg

 

 

"I'm having them prepare a dossier on the Roma question in Italy at the ministry because after (former Minister Roberto) Maroni, nothing has been done and it's chaos,".

 

"(There will be) reconnaissance on the Roma people in Italy to see who, how, how many, re-doing what was called the census.
"We'll have a register".
The minister said that Roma people who do not have the legal right to be in Italy will be deported via an agreement between States, adding that "unfortunately, you have to keep the Italian Roma at home"

 

[Imagem]

 

 

 

 

Uma puta de gema. Capítulo II

por josé simões, em 23.07.17

 

pinball.jpg

 

 

"Quem prevarica evidentemente tem que ser punido, seja cigano, seja muçulmano, seja um português qualquer normal. O Conselheiro de Estado Luís Marques Mendes no telejornal da SIC pedagogicamente a ensinar ao povo ignaro que em Portugal há portugueses normais e há ciganos e muçulmanos e que um cigano e um muçulmano não podem ser portugueses e que um cigano e um muçulmano não são cidadãos normais

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

Uma puta de gema. Capítulo I

 

 

 

 

Sturmabteilung

por josé simões, em 22.07.17

 

Sturmabteilung.jpg

 

 

Vota PSD

 

[Sturmabteilung]

 

 

 

 

 

Uma puta de gema

por josé simões, em 21.07.17

 

prostituta2.jpg

 

 

"Outros feirantes, portugueses de gema". Separava assim, na Quadratura do Círculo na SIC Notícias, o Conselheiro de Estado António Lobo Xavier os ciganos feirantes dos outros feirantes, mais claros e que não cheiram a fumo, deduz-se. 500 anos de gerações nascidas em território nacional sem direito a nacionalidade. Nem portugueses de clara nem portugueses de gema. De gema, como o Conselheiro António Lobo Xavier, daquela categoria que nos 80s se ria muito com a anedota da mulher do Samora Machel apresentada ao Presidente português em visita de Estado.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Generalizando

por josé simões, em 18.07.17

 

shock.jpg

 

 

Passava os dias sem fazer nada, "abria portas", segundo o seu ex-patrão Ilídio Pinho.

Vivia de subsídios - fundos comunitários, através de uma empresa criada propositadamente para o efeito - a Tecnoforma,  e de enganar os incautos com profissões para locais de trabalho que não existiam nem viriam a existir.

Não descontava para a Segurança Social.

Chegou a primeiro-ministro de Portugal.

O PSD e Pedro Passos Coelho, uma história de ciganos.

 

[Imagem]

 

 

 

 

|| "A Questão Cigana"

por josé simões, em 20.10.13

 

 

 

E quando a extrema-direita aparecer a falar n' "A Questão Cigana" a esquerda vai acompanhar o tom para fazer face às intenções de voto dos eleitores, e aos votos expressos nas urnas, na pessoa de uma qualquer "estrela em ascensão"?

 

«93% dos franceses, revelam as sondagens, consideram que os ciganos não se integram e não se esforçam por o fazer»

 

A única estrela em ascensão aqui é a estrela cosida na banda do casaco, da França colaboracionista de Vichy sobre a França resistente do Bureau central de renseignements et d'action. Quase 70 anos depois.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Tempos que correm

por josé simões, em 01.11.10

 

 

 

 

 

Portugal, União Europeia, século XXI: Após alguns anos de ausência, o regresso dos pedintes no dia de Todos os Santos à porta do cemitério de N.ª Sr.ª da Piedade em Setúbal. Com uma diferença em relação ao passado: eram romenos. Ciganos romenos.

 

(Na imagem Vanity and Salvation, Hans Memling)