Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

"No tempo em que os animais falavam"

por josé simões, em 13.07.22

 

Paulo Portas.jpg

 

 

"No tempo em que os animais falavam" Paulo Portas era caçado ao telefone a discutir com Abel Pinheiro a sua sucessão à frente do CDS, com o salário do líder equiparado ao de primeiro-ministro pago por um banco não nomeado, que não era do CDS quem queria mas quem podia.

Agora que o La Fontaine morreu e o militante Jacinto Leite Capelo Rego desapareceu, se calhar a caminho do Chaga ou do Ilusão Liberal, Paulo Portas "é caçado" a pedir aos militantes que paguem as quotas para garantir a actividade do partido, e o salário do líder, que até anda de Renault 4L, não é pessoas para grandes despesas, se calhar até fuma tabaco de enrolar.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Vou abandonar porque tenho consulta às cinco

por josé simões, em 04.02.22

 

Forbes.png

 

 

Since becoming the leader of Centro Democrático e Social - Partido Popular's Juventude Popular, Francisco has helped the organization grow to over 20,000 affiliates and double the number of elected members of JP, who promote a Conservative, Christian-Democratic policy platform in Portugal, in municipal elections.

 

Era assim a revista Forbes, Europa, em 2018. O dinheiro compra tudo, só não compra a decência.

 

[Título do post]

 

 

 

 

Halloween

por josé simões, em 01.11.21

 

Cameron Burns.jpg

 

 

Esta debandada halloweenica do CDS tem pouco ou nada a ver com a alegada falta de democracia interna, com a pulsão autoritária do líder ou o desvio protoditatorial do infantil Chicão, num partido habituado a conviver com refugiados do fascismo nas suas fileiras desde o dia da sua fundação, mas tudo com a irreversível irrelevância política do partido, da sua inutilidade enquando porta de acesso ao poder, porta giratória privdo-público e rampa de lançamento para negócios à sombra do Estado. Parem de insultar a inteligência dos portugueses.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Mudança de paradigma

por josé simões, em 30.09.21

 

film.jpg

 

 

Uma mulher, deputada, é substituída no Parlamento, por um deputado, homem, suspeito de violência doméstica e de perseguição à namorada. Isto sim, é uma mudança de paradigma.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Impressões Digitais *

por josé simões, em 14.09.21

 

ventas.jpg

 

 

chicao.jpg

 

 

               "Sinto-te uma fotocópia, prefiro o original
               Edição revista e aumentada, cordão umbilical
               Exclusivo a morder a página em papel jornal"

 

               * Impressões Digitais

 

[Link nas imagens]

 

 

 

 

O partido dos grandes democratas

por josé simões, em 29.06.21

 

Paulo Portas.jpg

 

 

Resistiram a suspeitas de corrupção e compadrio na liderança do partido; resistiram a dirigentes com simpatias declaradas pelo fascismo e saudosos do Estado Novo; resistiram a promiscuidades várias entre negócios, banca e política; resistiram a inflexões e reviravoltas plasticínicas [inventei agora, uma mistura de coluna vertebral de plasticina com cinismo] na linha política do partido;  resistiram ao populismo xenófobo e racista do líder em campanha com o Correio da Manha [sem til] na mão; a tudo isto eles resistiram, só não resistiram às suspeitas de serem definitivamente arredados do poder com a morte do partido que se adivinha.

 

Depois do ex-deputado Francisco Mendes da Silva, desta vez quem sai é o secretário-geral-adjunto de Paulo Portas.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

"transformar Lisboa em Moscovo e a Liberdade e em servidão" *

por josé simões, em 11.06.21

 

matrioska putin.jpg

 

 

Estes procedimentos, segundo o Diário de Notícias, estão a cargo da secretaria-geral da CML, dirigida por Alberto Laplaine Guimarães, militante do CDS e pai do actual vice-presidente centrista, Francisco Laplaine Guimarães.

 

[Link na imagem]

 

* Título do post

 

 

 

 

Eles andam aí...

por josé simões, em 10.06.21

 

francisco mota.jpg

 

 

Francisco Mota, conselheiro nacional do CDS, ex líder da Juventude Popular, candidato a vereador na Câmara de Braga por abaixo-assinado, no Facebook apela a um golpe de Estado que ponha fim ao regime democrático.

 

 

 

 

No tempo em que o Benfica jogava de "encarnado" porque "vermelhos" eram os comunistas

por josé simões, em 25.04.21

 

paula celeste caeiro.jpg

 

 

Juntem o cravo branco do CDS ao cravo preto do Chega e temos o Portugal que que eles gostariam de comemorar: o Portugal a preto e branco de 24 de Abril.

 

[Na imagem, com link, Paula Celeste Caeiro, a mulher que "inventou" o cravo vermelho na revolução]

 

[Via]

 

 

 

 

Voltando à narrativa da direita

por josé simões, em 23.04.21

 

sondagem.jpg

 

 

Voltando à narrativa da direita, com Rui Rio à cabeça, na noite das presidenciais a levantar a voz de eufórico, que a esquerda tinha sido "esmagada" [que o PS tenha indicado o voto em Marcelo, um pormenor], que o eleitorado comunista no Alentejo e nas antigas cinturas industriais se tinha transferido para o Chaga, o que a sondagem ISCTE para a SIC e Expresso, efectuada entre os dias 5 e 13 de Abril, nos diz é que "com esta ou aquela flutuação, aquilo que mudou desde as legislativas foi fundamentalmente a descida do CDS e a subida do Chega", uma transferência de todos, portanto.

 

 

 

 

Jacinto Leite Capelo Rego *

por josé simões, em 15.04.21

 

jp ericeira.jpg

 

 

Juventude Popular [JP] – Protesto contra José Sócrates [Ericeira, 14 de Abril de 2021]

 

[Link na imagem]

 

* Título do post

 

 

 

 

"Portugueses de bem"

por josé simões, em 15.04.21

 

cds.jpg

 

 

Fugido à justiça, acusado de roubo, dois doutoramentos inventados, suborno de ministro em Cabo Verde, a Food and Drug Administration norte-americana em cima da empresa, facturação empolada, financiamento ilegal de partido político, a jogar em dois tabuleiros, o da extrema-direita declarada e o da extrema-direita encapotada no "sentido de Estado" e "arco da governação".

 

Financiador do Chega fez transferências para líder do CDS/Madeira nas eleições regionais que levaram centristas ao governo

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Ainda gozam com o pagode

por josé simões, em 14.04.21

 

wefindwildness.jpg

 

 

Primeiro foi o Chicão, alegado líder do partido de Jacinto Leite Capelo Rego, do caso Portucale arquivado, das escutas que davam um banqueiro a pagar o salário do líder, dos submarinos sem corrompidos em Portugal pelos corruptores julgados e condenados na Alemanha, vir a terreiro que "o sistema judicial está doente".

 

Dias depois aparece o doutor Rui 'banho de ética' Rio, eleito chefe de facção pelo sindicato dos votos dirigido por Salvador Malheiro, do PSD desde o PPD a acumular casos até ao apogeu no cavaquismo, tantos que para referir tudo era preciso um blogue só dedicado à causa, clamar que "o regime está muito doente".

 

A lata. Quarenta e tal anos de construção de um monstro emaranhado jurídico, a meias entre PS e PSD com a prestimosa colaboração do CDS, com mais buracos de fuga que um queijo suíço e escapatórias para pesados que uma auto-estrada, chegando ao ponto da contagem de uma data ser passível de duas interpretações. "o sistema judicial está doente". "o regime está muito doente". Adoeceu sozinho. Ou então é tudo culpa do 'gonçalvismo', há muito tempo que ninguém fala nisso.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

O homem invisível

por josé simões, em 19.03.21

 

x.jpg

 

 

O PSD vai apresentar um projecto de lei para a exclusividade dos advogados-deputados e obrigar a divulgação da lista de clientes para quem trabalham na declaração de interesses? Não, o PSD quer obrigar políticos a revelar pertença a associações como a Maçonaria e a Opus Dei.

 

António Lobo Xavier foi ao Ministério Público formalizar denúncia com nomes e elementos de prova das perseguições e extorsões de que são vítimas os seus clientes por parte de alegados membros da Maçonaria? Não, o Conselheiro de Estado foi a um programa de parlapié na televisão pago a peso de ouro dizer umas coisas e levantar umas suspeitas.

 

Enquanto se fala na Maçonaria e na Opus Dei não se fala no "homem invisível" que se movimenta e governa a vidinha dentro do "arco da governação" mesmo que contra o interesse público comum.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Mudança de paradigma

por josé simões, em 26.02.21

 

Sem Título.jpg

 

 

[Link na imagem, minuto 38:18]