Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Para memória futura

por josé simões, em 28.10.19

 

1 (34).jpg

 

 

2 (34).jpg

 

 

3 (33).jpg

 

 

4 (26).jpg

 

 

Álvaro Amaro - PSD, José Manuel Fernandes - PSD, Maria da Graça Carvalho - PSD, Nuno Melo - CDS, os euro deputados portugueses que votaram contra a Moção para a Busca e Salvamento de Vidas Humanas no Mediterrâneo, chumbada por 2 - dois - 2 votos.

 

[Via]

 

 

 

 

Começa o circo

por josé simões, em 25.10.19

 

milonga.jpg

 

 

Há uma diferença substancial entre chegar atrasado e programar um atraso e André Ventura não chegou atrasado ao Parlamento, André Ventura atrasou-se para a coreografia a transmitir pelos telejornais e para a qual contou com a prestimosa colaboração de Ana Rita Bessa, deputada eleita pelo CDS, que ensaiou uma espécie de milonga [na imagem] no breve 'raspanço' entre cadeiras . É desrespeitoso para o voto popular e para a casa da democracia, que bastas vezes não se dá ao respeito, mas é um desrespeito "criativo" da parte do deputado eleito pelo Chega. Habituem-se.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Da ascensão do populismo nas urnas

por josé simões, em 15.10.19

 

 

 

Maria Luís Albuquerque vai trabalhar para empresa da área que tutelou e negociou enquanto ministra das Finanças e representante do Estado.

 

Pedro Mota Soares contratado por associação das telecoms depois de ter sido membro da Comissão do Parlamento que discutiu e legislou sobre o setor.

 

 

 

 

O day after

por josé simões, em 07.10.19

 

02.jpg

 

 

Miguel Relvas, da velha liderança do ar pesado e bafiento, sai a terreiro logo no day after a pedir nova liderança e ar fresco para o partido. Podia ser um piada do Imprensa Falsa mas não é. Isto foi de manhã, que à hora do jantar, Miguel Morgado, do mesma agremiação de Miguel Relvas, do circo de sombras por detrás de Passos Coelho, apareceu na televisão do militante n.º 1 aka SIC Notícias a pedir ar fresco e nova liderança para o partido, que ele vai fazer a parte que lhe compete, não sabe nem deixa de saber se é candidato, vai apresentar uma moção e coise, ele que até já meteu mãos à obra e inventou o "cinco para as sete" que só não congrega a direita toda porque o André Ventura se recusou a participar e isso é lá com ele. Não foi ele, Miguel Morgado, quem espantou o fascista Ventura, foi o fascista Ventura que não quis nada com ele. Temos [têm] pena. O André Ventura, esse mesmo, que à noitinha no Prós e Contras na televisão pública teve exactamente o mesmo discurso que o senhor novel deputado eleito pelo Iniciativa Liberal, corrupção, compadrio, sector privado, blah-blah-blah, direito de escolher a escola, saúde privada para todos e que quando Mariana Mortágua falou em "fraude liberal", do Estado a pagar a privados, provocou a mesma reacção nos três, que o João Almeida do CDS também lá estava. E novidades?

 

[Imagem]

 

 

 

 

Não ter a puta da vergonha na cara é isto

por josé simões, em 03.10.19

 

freitas do amaral.jpg

 

 

"Decisão tomada por Mota Soares depois de ouvido Paulo Portas: CDS envia retrato de Freitas ao PS."

 

Paulo Portas elogia Freitas do Amaral, "um dos pais da democracia portuguesa"

 

 

"CDS continua na estrada por Freitas do Amaral, mas suspendeu campanhas por Amália e irmã Lúcia"

 

CDS transforma comício no Porto em homenagem a Freitas do Amaral

 

 

 

 

 

Descubra as diferenças

por josé simões, em 29.09.19

 

 

 

"Segundo o Índice Global de Paz, Portugal é o terceiro país mais seguro do mundo. Subiu uma posição em comparação com o ano anterior. Em 2013, Portugal ocupava o 18º lugar."

 

Portugal é o terceiro país mais seguro do mundo

 

 

"A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, visitou este sábado a esquadra da PSP na Amadora, Lisboa, para sublinhar o compromisso de apoio do partido às polícias e alertou para "um sentimento de insegurança" dos cidadãos."

 

Cristas alerta para "sentimento de insegurança" após reunião com PSP

 

[Imagem]

 

 

 

 

That's all folks!

por josé simões, em 24.09.19

 

 

 

Procissão Cristas fez a travessia de barco entre o Barreiro e Lisboa na hora de ponta, mas fez ao contrário, de Lisboa para o Barreiro, quando o barco vai vazio. Chico-espertice para evitar apupos e insultos que estragavam uma bela reportagem de telejornal.

 

Jerónimo de Sousa foi para o pinhal de Leiria em campanha jurar 10 vezes que a "his master' s voice" Heloísa Apolónia não foi despromovida por ser transferida compulsivamente para um distrito onde o heterónimo do PCP há 34 anos não elege um deputado, sem que nenhuma televisão achasse esquisito Heloísa Apolónia falar só depois de Jerónimo ter falado 10 vezes por ela.

 

Dia 1 da campanha eleitoral.

 

 

 

 

37 biqueira larga

por josé simões, em 09.09.19

 

Professional-Clown-Shoes-Costume-Theater-Halloween-Model.jpg

 

 

Ver Assunção Cristas, líder do partido de "o doutor" e das gravatas Charvet e Ralph Lauren, sujeitar-se ao tratamento por tu e ao beijinho e abraço de um cigano, no mercado onde foi "comprar" uns sapatos marca Roscofe no desespero de descolar a imagem do CDS do partido de André Ventura, nas declarações dos trauliteiros da entourage que faz de emplastro atrás de si nos telejornais, sem que as câmaras das televisões se lembrem de nunca mais descolar dos pés da senhora até ao fim da campanha eleitoral para ver quem é que calça o quê e quem se deixa calçar.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Ainda a honestidade intelectual da santinha que governa o CDS na entrevista à rádio do Observador

por josé simões, em 30.08.19

 

1 (29).jpg

 

 

As crianças, que viram o seu direito à tranquilidade trucidado com ruído feito pelo inner circle de Assunção Cristas, com Francisco Rodrigues dos Santos, João Almeida e João Gonçalves Pereira à cabeça, a manipularem e truncarem o que no despacho consta.

 

 

2 (27).jpg

 

 

Se "vem aí uma crise", que toda a gente diz fruto da guerra comercial Trump - China, da desaceleração da economia chinesa e alemã, dos erros das políticas austeritárias seguidas pela União Europeia, "é melhor despachar já o Governo do PS" porque o que eles sabem é pôr o país numa crise com origem no estrangeiro.

 

 

3 (28).jpg

 

 

Os eleitores, que não são estúpidos, "não perceberam as prioridades do "CDS" e resolveram castigar o partido nas urnas, logo há que arranjar outro léxico, que coloque os eleitores no papel de estúpidos que lhes compete, para que o CDS deixe de ter um problema de comunicação.

 

Muito bem.

 

[As imagens são print screens da conta do jornal Observador no Twitter]

 

 

 

 

A direita radical a gostar dela própria

por josé simões, em 29.08.19

 

 

 

"Consegue dizer-me se esta frase que eu lhe vou dizer é de André Ventura ou de Nuno Melo? "Não queremos fechar a porta a quem procura a Europa como ponto de acolhimento, não podemos é deixar que cheguem e entrem de qualquer maneira". Consegue dizer-me de quem é a frase? Ó Rita, eu não tenho nenhuma dificuldade em identificar aí uma frase do Nuno Melo"

 

Assunção Cristas a atribuir a Nuno Melo uma frase de André Ventura na entrevista à Rádio Observador, a partir do minuto 40:14.

 

 

 

 

Direita e trogloditismo, nunca falha

por josé simões, em 27.08.19

 

capa_jornal_i.jpg

 

 

Todos os dias da semana a todas as horas em todas as televisões, o espaço de opinião totalmente ocupado. Fátima, Futebol e Fado. Quem é que leva a sério alguém que consegue passar um serão inteiro a discutir, as vezes no insulto, se o penálti foi penálti ou se o fora-de-jogo foi tirado por um pentelhésimo de segundo?

 

[A direita trauliteira e troglodita, mas com "sentido de Estado", na primeira página do i online]

 

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 27.08.19

 

cloen.jpg

 

 

Assunção Cristas critica o Governo pelo despacho que estipula as medidas de protecção da identidade de género nas escolas, considerando o documento “errado” e “desajustado”, sem no entanto entrar em pormenores sobre o que está mal no conteúdo.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Questão existencial

por josé simões, em 23.08.19

 

cds twitter (1).jpg

 

 

Por coincidência, e de certo só por coincidência, no dia em que morria um dos manos financiadores da direita radical à escala global e que fazia gala em dizer "Um dia, o meu pai deu-me uma maçã. Vendi-a logo por cinco dólares e comprei duas maças, que vendi por dez dólares. Depois comprei quatro maças e vendi-as por 20 dólares. Isto continuou dia após dia, semana após semana, mês após mês, ano após ano, até que o meu pai morreu e me deixou 300 milhões de dólares." o CDS, o partido da meritocracia, o CDS da proposta para baixar a escolaridade mínima obrigatória [nem todos podem ser doutores, percebem?], o CDS de que quem não se esforçou, não estudou e não teve nota para entrar na faculdade o possa fazer se para tal pagar um valor previamente definido, o CDS ilustra a sua conta no Twitter com uma questão ao nível de um Alexandre Pingo Doce, de um Ferraz da Costa ou de um van Zeller, empresários por herança, "Faz sentido trabalhar? Acha que vai deixar mais aos seus filhos do que o que recebeu dos seus pais?"

 

 

 

 

CDS porno hentai

por josé simões, em 21.08.19

 

cds (2).jpg

 

 

Acossada pelo voto popular nas europeias, Procissão Cristas, que estava a cada 15 minutos nas televisões para rematar a sua opinião de cada vez que as "esquerdas encostadas" apareciam, desapareceu agora para parte incerta, na esperança de que as pessoas se esqueçam da sua pessoa até às legislativas, e deixou o partido ao Deus-dará, com a comunicação a cargo de avulsos nada democratas-cristãos tarados do hentai [malgrado o esclarecimento do autor de que produz porno para adultos e não para agit-prop política manhosa], como parece ser o caso do vereador na Câmara Municipal de Lisboa, João Gonçalves Pereira, para quem, desorientado e à nora na defesa da família tradicional, salazarenta como a concebe, em pânico pelo apocalipse esquerdalho que se avizinha, vale tudo, desde desinformar a recorrer a bd inspiradora de ataques e abusos sexuais, a maioria em família, um problema social actualmente no Japão. Muito bem.

 

 

 

 

"O CDS acusa o PS de se apropriar da máquina do Estado"

por josé simões, em 02.08.19

 

felix.jpg

 

 

Chegada ao Ministério da Agricultura e do Mar, Procissão Cristas trata de nomear para o conselho de administração da Parque Expo John Antunes, membro da comissão de honra da sua candidatura por Leiria, com o objectivo de liquidar a empresa, enquanto exigia que a administração não ficasse abrangida pelo estatuto dos gestores públicos. A administração da Parque Expo que recusaria novos contratos no valor de 48 milhões de euros enquanto avisava que o Estado teria de injectar capital na empresa ou vender activos no valor de 152,2 milhões de euros enquanto assinava contratos de assessoria no valor de quase 100 mil euros com a sociedade de advogados de Luís Nobre Guedes e Pedro Mota Soares, por coincidência ambos militantes do CDS, um dos quais ministro no Governo com Procissão Cristas.

 

PS tem de “parar de se apropriar da máquina do Estado”