Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

A construção do personagem e da narrativa

por josé simões, em 27.09.21

 

mickey.jpg

 

 

As televisões, que construiram o Ventas, que lhes deu o clickbait e as  audiências e que, perante o descalabro eleitoral do Chaga nas autárquicas, rapidamente se esqueceram dele lhe retribuíram a conveniente fuga dos holofotes até a poeira do esquecimento assentar, são as mesmas televisões que agora constroem o personagem Moedas e a narrativa da grande vitória eleitoral, e da remontada, que daqui por quatro anos, ou se calhar mais cedo, há-de trazer a velha-nova-velha direita de regresso à ribalta e à governação do país, apesar do moço de recados da troika, coligado com a direita toda - Ilusão Liberal incluída, que teve uma diferença de quase menos 2% de votos úteis da Assembleia Municipal para a Câmara - é de apenas 0,95% para o PS sozinho, e em minoria absoluta, se contabilizarmos os votos dos socialistas aos da CDU e do Bloco. Assim se constrói um personagem e uma narrativa.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

"És liberal e não sabias"

por josé simões, em 06.09.21

 

salazar.jpg

 

 

Em 1951,  era Carmona Presidente da República e Salazar presidente do Conselho de Ministros, Manuel Quintão Meireles retira a sua candidatura à presidência da República por considerar não existirem condições para uma eleição livre e justa e Ruy Luis Gomes vê a sua rejeitada, o que leva à vitória de Craveiro Lopes nas urnas sem qualquer oposição, a Constituição de 1933 foi revista e o Acto Colonial maquilhado com vista à assimilação civilizadora das colónias à metrópole [*], a polícia política prendia, torturava e matava os opositores ao Estado Novo e a censura passava a lápis azul todas as publicações escritas, assim como o cinema, o teatro e a música, metade das raparigas nunca tinha entrado numa sala de aulas que tinham todas, sem excepção uma foto do Presidente e outra do primeiro-ministro a ladear um crucifixo, assim como 30% dos rapazes, quatro em cada dez mulheres eram analfabetas e 26,9% dos homens, mas todos sabiam a Portuguesa que era obrigatório cantar antes do início das aulas, o ensino superior uma miragem só ao alcance das elites, a esperança de vida era de 56 anos para os homens e 61 para as mulheres, a frequência da Mocidade Portuguesa era obrigatória e o poder local era nomeado pelo poder central, e podíamos continuar pelo acesso à saúde, ao saneamento básico e ao cabaz alimentar, "o preço das casas era alto e [um casal podia morar] 16 anos com um filho num quarto de uma casa", em alternativa juntava uma tábuas e umas chapas velhas e metia mãos à obra a construir uma barraca nos muitos milhares de bairros que nasciam como cogumelos de norte a sul do país, ou ia a salto para a emigração e morar num bidonville. Por incrível que possa parecer "hoje vivemos com menos liberdade porque cada vez menos ouvimos histórias felizes onde as pessoas são as personagens principais!". "#EstáNaHorada esperança voltar!", se tudo o que ficou para trás volta com ela não sabemos.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

"transformar Lisboa em Moscovo e a Liberdade e em servidão" *

por josé simões, em 11.06.21

 

matrioska putin.jpg

 

 

Estes procedimentos, segundo o Diário de Notícias, estão a cargo da secretaria-geral da CML, dirigida por Alberto Laplaine Guimarães, militante do CDS e pai do actual vice-presidente centrista, Francisco Laplaine Guimarães.

 

[Link na imagem]

 

* Título do post

 

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 10.06.21

 

clown.jpg

 

 

Espero que as autoridades russas que receberam indevidamente os dados cumpram as leis internacionais e os apaguem

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Tovarich Medina

por josé simões, em 10.06.21

 

Igor Palmin Tashkent, an underground transition, 1

 

Pedir desculpa e seguir em frente, procedimento válido para todos os cidadãos perante qualquer infração à lei.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Bonito, bonito

por josé simões, em 05.10.20

 

ZEPPELIN.jpeg

 

 

Bonito, bonito não são as pirâmides do Egipto, que substituem os ditos cujos e o pito na versão educada. Bonito, bonito é ouvir Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, no 5 de Outubro a fazer um discurso encomendado por António Costa. "There Is No Alternative".

 

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 17.07.20

 

Rocco.jpg

 

 

Pandemia pode ser oportunidade para resolver problemas no acesso à habitação em Lisboa.

Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa

 

[Imagem]

 

 

 

 

O país do Donaltim

por josé simões, em 30.06.20

 

ventríloco (1).png

 

 

Marques Mendes aos domingos na SIC Notícias, Fernando Medina às segundas na TVI.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Populismo

por josé simões, em 26.10.18

 

Queensbridge housing project in Queens, New York. Photograph by Arthur Rothstein, June, 1942.jpg

 

 

110 000 € : 28 = 3 928, 571428571429 € por mês. Os políticos são mal pagos. Principalmente os do PS que trabalham na câmara de Lisboa.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Descubra as diferenças

por josé simões, em 03.07.18

 

Stefanie Moshammer.jpg

 

 

Câmara de Lisboa cede parque de estacionamento a Madonna


A Câmara Municipal de Lisboa cedeu um terreno que serve de parque de estacionamento à maior estrela da pop. Madonna, a morar na Rua das Janelas Verdes, precisava de se um lugar para guardar os 15 carros que ela e a equipa usam.

 

 

"Acabando a sede, não temos onde pôr os atletas"


"Clube de Carnide luta contra ação de despejo da sede onde está há 90 anos."


A direção do clube mobilizou-se para tentar evitar o despejo e levantou o problema junto da Presidência da República, Governo, partidos políticos e na comissão de Desporto, Comunicação e Cultura, da Assembleia da República. "O que nos disseram foi para tentarmos que a câmara faça a expropriação por interesse público do espaço".

 

[Imagem]

 

 

 

 

O sonso arrumador de carros

por josé simões, em 02.07.18

 

arrumador.jpg

 

 

O sonso, que se queixa do êxodo provocado pelo alojamento local que, a pouco e pouco, vai transformando Lisboa num parque temático, depois de muito esmifrado e apertado por toda a gente, deixa cair que é o arrumador de carros de Madonna, pelas moedas que recebe em troca do serviço prestado, privilégio que não concede aos indígenas que ainda resistem ao êxodo, porque a rainha da pop é bom cartaz, que atrai mais turistas a Lisboa, que fomentam o alojamento local, que pressiona o êxodo. O nacional-parolismo em todo o seu esplendor.

 

[Imagem]

 

 

 

 

A Roda da Sorte

por josé simões, em 19.04.18

 

roda da sorte.jpg

 

 

Depois da aula prática sobre a lei da oferta e da procura a Câmara de Lisboa devia agora adoptar o sistema de sorteio onde, por coincidência, ou por sorte, como quiserem, duas casas saem a dois membros da mesma família ou aqueles que toda a gente já está à espera que saia.

 

Câmara anula leilão de rendas em que um T1 chegou a 760 euros

 

[Imagem]

 

 

 

 

Conversa de populista. Capítulo II

por josé simões, em 01.04.18

 

1 (8).jpg

 

 

2 (8).jpg

 

 

3 (7).jpg

 

[Via]

 

Conversa de populista. Capítulo I

 

 

 

 

Noções elementares de ética republicana

por josé simões, em 31.03.18

 

das caldas.jpg

 

 

"Câmara de Lisboa simula consultas ao mercado para contratar histórico do PS"

 

Joaquim Morão, antigo autarca-modelo e membro da Comissão Política Nacional do PS, foi consultor da Câmara de Lisboa até Setembro. Para o contratar, o município simulou uma consulta ao mercado, recorrendo por duas vezes a duas empresas de um amigo de Morão

 

[Imagem]

 

 

 

 

Olé!

por josé simões, em 16.03.18

 

cortés.jpg

 

 

Esta é uma daquelas notícias que fazem a esquerda PS, e o PS de esquerda, gastar rios de tinta e quilómetros de português em indignações e clamores de revolta, quando o caso é à direita, mas que fazem haver sempre uma boa justificação moral, política, profissional, não necessariamente por esta ordem, quando lhe toca a eles.

 

EMEL contrata por ajuste directo antiga deputada do PS

 

Sofia Conde Cabral, que também já foi assessora de Fernando Medina, vai receber 20 mil euros para fazer a ligação entre a empresa municipal e a Câmara

 

"Faena" para rabo e duas orelhas. Olé!

 

[Imagem de autor desconhecido]