Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

...

por josé simões, em 08.01.07
Segundo a edição de ontem do The Independent (link no blogue, secção jornais); empresas britânicas e americanas (BP, Shell e Exxon), vão dividir entre si nos próximos 30 anos, 75% do petróleo iraquiano.
 
Após a invasão do Iraque, o único Ministério a não ser pilhado por ter tido honras de guarda aliada, montada à porta, havia sido o do Petróleo.
Agora e, definitivamente, a máscara caiu. O petróleo, como verdadeiro casus belli, surge como a única verdade, na teia de mentiras que se transformou o Iraque.
 
O outro lado da questão é saber se, numa zona energética estratégica em que, todos os recursos petrolíferos nos Estados circundantes, estão nas mãos de ditaduras ou de monarquias absolutistas; com uma crise energética Rússia / EU em escalda ascendente, até onde irá a defesa dos princípios de não-ingerência e independência nacional tão caros à Europa, face a um bónus desta natureza.