Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

A realidade ultrapassa sempre a ficção

por josé simões, em 23.01.20

 

william-b-davis.jpg

 

 

Luanda Leaks: gestor do EuroBic encontrado morto

 

[Imagem]

 

 

 

 

O Circo Nunca Acaba

por josé simões, em 22.01.20

 

1 (6).jpg

 

 

2 (4).jpg

 

 

3 (2).jpg

 

 

Amor, contorcionismo e divórcio à primeira vista no Twitter entre o líder do Iniciativa Liberal, a filha do pai e o ex-líder do Iniciativa Liberal.

 

 

 

 

Não ter a puta da vergonha na cara é isto

por josé simões, em 22.01.20

 

marido-de-isabel-dos-santos-compra-casa-manoel-de-oliveira.jpeg

 

 

Porto “não tem interesse específico na fundação” Sindika Dokolo, diz Rui Moreira

 

[Imagem]

 

 

 

 

Racistas há muitos, seu palerma

por josé simões, em 20.01.20

 

vasco santana (1).jpg

 

 

De manhã tivemos a doutora Joacine em directo na televisão a acusar o Livre de se ter aproveitado duma negra gaga para eleger um deputado, exactamente o argumento usado pelo Livre e pela deputada para classificar de racista e de extrema-direita para cima quem disse o mesmo da doutora Katar-Moreira quando foi eleita.

 

À noitinha tivemos a doutora Isabel dos Santos no Twitter a classificar de racismo e preconceito os casos de corrupção e nepotismo onde aparece envolvida na investigação jornalística "Luanda Leaks".

"Racismo" e "preconceito" é o novo maravilhoso.

 

De caminho a Price Waterhouse Coopers cortou relações com a filha do pai depois de décadas a ser paga para trabalhar na maquilhagem das trafulhices da empresária, dar-lhe um ar decente, aceitável e com "sentido de Estado, enquanto o Cigarette Smoking Man ou Cancer Man dos X-Files, também conhecido por Fórum de Davos ou Forum Económico de Davos, 'desconvidou' a senhora. Tem peçonha, ninguém sabia ou sequer desconfiava. Por causa das carradas de maquilhagem e do cabelo esticado que a fazem quase branca. Uma afirmação claramente preconceituosa e racista, esta.

 

Entretanto vai grande alegria e excitação no jornal do militante n. º 1, também ele sentadinho em Davos e apanhado de surpresa com toda esta embrulhada, enquanto ficamos todos à espera que depois de publicar a prometida lista dos jornalistas avençados do BES nos Panamá Tretas, o Expresso publique também a lista dos jornalistas avençados da cleptocracia angolana que conseguiu roubar e fazer mais mal ao seu próprio povo que o colonialismo, e isto sem qualquer acusação de racismo e preconceito, sublinhe-se.

 

 

 

 

Hakuna matata, o liberalismo é lindo

por josé simões, em 04.02.19

 

hiena.jpg

 

 

E depois temos o Iniciativa Liberal, um partido de banda-desenhada nascido nas "redes", contra o centralismo e o socialismo, contra o centralismo e o colectivismo, contra o centralismo e a carga fiscal, que vê um artigo de opinião do líder, Carlos Guimarães Pinto, contra o centralismo e o socialismo, contra o centralismo e o colectivismo, contra o centralismo e a carga fiscal, receber o endosso [em print screen por causa das moscas] da filha dilecta da cleptocracia corrupta angolana que em quase 50 anos de independência deixou o país em todos os índices abaixo da era colonial. Hakuna matata, o liberalismo é lindo.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Racismo de costas largas

por josé simões, em 10.01.19

 

JES Ladrao.jpg

 

 

Diz a filha mais nova que encontra em Portugal muito preconceito, que é, na novilíngua, a palavra equivalente a racismo. Entrou num shopping [e só uma angolana vir a Portugal e a referência ser o entrar num shopping só por si ser todo um programa] e eram os africanos que estavam a servir à mesa, que estavam nas cozinhas, algumas mulheres a dobrar roupa nas lojas. E foi ao almoço, tivesse ido de madrugada e via os africanos a varrer e lavar o chão, a limpar as casas de banho. Podia ter dito que chega a Portugal e vê Anselmo Ralph júri de um concurso líder no prime time da televisão generalista, que vê Matias Damásio encher festivais de Verão, ambos, Anselmo e Matias, no top of the pops, a vender em Portugal mais do que vendem em Angola, mais pop stars aqui do que lá, mas não disse. Disse antes que quando chega a Angola e vai para o shopping os portugueses que vê são donos das lojas, são os membros do conselho de administração e pergunta, em jeito de lamento, a razão para que quando se vai a África e se vê um português, em qualquer situação ele está numa situação de vantagem, ou de igualdade na pior das hipóteses, e quando se vem a Portugal e se vê um africano ele está sempre numa posição de desvantagem. E com isto disse tudo sobre os 38 anos da cleptocracia e do regime corrupto do senhor seu pai, e de que ela é directa e dilecta benifeciária, de uma elite multimilionária e em ponte aérea para as as compras nas lojas de luxo da Avenida da Liberdade na antiga capital do império, contra o investimento zero em saúde e educação, contra o investiomento zero em habitação en segurança social, muito abaixo dos idos do colonialismo, que ainda assim formou os líderes dos movimentos de libertação. A menos que a filha mais nova pensasse que só por ser angolano, ex-colónia, PALOP, país irmão, a mesma língua, blah-blah-blah, sem formação lhe dava direito a cargo em administração de empresa, responsável por shopping, director de banco e não mais que empregado de limpeza ou pedreiro em obra alimentada por mão-de-obra clandestina.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Blue jeans

por josé simões, em 17.09.18

 

António Costa.jpg

 

 

Marcelo Rebelo de Sousa.jpg

 

 

Diz que vai por aí grande escandaleira por António Costa se ter deixado fotografar em Luanda de calças de ganga.

 

 

 

 

Do Estado de direito em Angola

por josé simões, em 01.06.18

 

 

 

Via Rafael Marques, execução extra-judicial pelo Serviço de Investigação Criminal do "país irmão" que consegue a proeza de ser governado pelo "partido irmão" [PCP] ao mesmo tempo que tem assento na Internacional Socialista [PS]. É obra.

 

 

 

 

 

Não ter a puta da vergonha na cara é isto

por josé simões, em 11.01.18

 

ruimachete.jpg

 

 

Chegámos aquele ponto de ter as "redes" infestadas de comentadores, residentes profissionais ou em part-time, apóstolos e escudeiros do ex Governo da direita radical, do Governo de Rui Machete ministro dos Negócios Estrangeiros, de calças na mão, curvado perante a cleptocracia angolana a pedir desculpas por Portugal ser um Estado de direito, a avançarem com a possibilidade da ministra da Justiça ter dito o que disse para preparar o caminho à substituição da actual Procuradora-geral da República por alguém amigo do novo regime em Luanda. Não ter a puta da vergonha na cara é isto.

 

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Da democracia em Angola

por josé simões, em 12.07.17

 

angola-2017.jpg

 

 

O Estado de direito, a separação de poderes, a independência da Comissão Nacional de Eleições ou, como diz o outro, o MPLA, o "partido irmão".

 

[Via]

 

 

 

 

Filhos das ditaduras

por josé simões, em 14.12.16

 

MPLA.jpg

 

 

Sintomático que seja a filha de um ex-ministro do Ultramar da ditadura de Salazar, na casa da democracia, perante o silêncio das bancadas dos partidos donos da dita – os irmãos de sangue e os outros, os irmãos do "sentido de Estado", a fazer a denúncia da ditadura cleptocrática e corrupta angolana, dos que lutaram pela liberdade e independência, contra o colonialismo do Estado Novo, agora elite opressora do seu próprio povo.


[Imagem]

 

 

 

 

||| Piada feita

por josé simões, em 18.04.16

 

 

 

"O Banco de Portugal não deu idoneidade a Jaime Pereira e a Fernando Teles para serem administradores [angolanos] do BIC."

 

 

 

 

||| Angola é nossa

por josé simões, em 31.03.16

 

Angola é nossa.jpg

 

 

Angola é nossa, os herdeiros de Salazar estão vivos e de boa saúde, e princípios mais salazarentos do que estes não há:


"com certeza, que 99% da população angolana não está interessada” na sentença dos activistas acusados de preparar uma rebelião no país"


"a comunidade internacional não são 26 pessoas que se reúnem no Rossio para gritar ‘Liberdade já’"


"não há-de ser uma comunicação de um grupo de embaixadores da União Europeia que vai mudar a imagem do país, que vai fazer com que o país deixe de ser o que é"


[Angola É Nossa, Coro e Orquestra da FNAT, A Voz do Dono, vinyl 7" 45 RPM]

 

 

 

 

||| Pilatos depois da Páscoa

por josé simões, em 30.03.16

 

info_lavar_as_maos.gif

 

 

"Confiamos que à luz da legislação aplicável, que é a legislação angolana, o processo seja agora tramitado de forma a que os direitos humanos sejam respeitados, e entendemos que um dos direitos humanos é o direito da oposição por meios pacíficos às autoridades constituídas em qualquer momento"

 

 

 

 

||| Uma associação de malfeitores

por josé simões, em 28.03.16

 

julgamento activistas angolanos.jpg

 

 

Uma associação de malfeitores, que está à frente dos destinos de Angola há quase tanto tempo quanto o tempo que durou a guerra de libertação do colonialismo português, condenou, num julgamento político, 17 concidadãos a uma pena de prisão pelo crime de ousarem pensar pela sua própria cabeça e de o dizerem e partilharem com outros seus semelhantes. O que já foi um movimento de luta contra a opressão e a injustiça – o MPLA, transformado naquilo contra o que sempre lutou e que esteve na génese da sua criação.


[Imagem]