Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Memória do PREC

por josé simões, em 03.08.08

 

A FuckItAll descobriu o Botas. Não “o Botas”; aquele; o tal da cadeira de lona igual à que eu tenho na varanda e de quem me lembro sempre antes de me sentar.

 

A FuckItAll descobriu o meu amigo (à época) alferes Botas; numa sessão de esclarecimento do MFA.

 

E veio-me à memória os tempos de 1975/ 76 em que eu puto, e o outro Botas puto, o irmão mais novo do alferes; o que era militante da UEC; praticávamos um desporto em que há muito havíamos ultrapassado os mínimos olímpicos.

 

Consistia esse desporto – e após 30 anos vou fazer uma confissão pública – em roubar as bandeiras que o MRPP hasteava todos os dias na sua sede na Av. 5 de Outubro em Setúbal; ali mesmo por cima do Farelo.

 

Era um desporto fácil de praticar. Eles hasteavam de dia e nos roubávamos à noite. Simples. Dezenas delas.

 

Há dias cruzei-me de carro com o alferes do PREC. Não deu para falar; só umas buzinadelas e um aceno.

 

O que é feito do Botas mais novo? Ainda tens as bandeiras; pá?

 

(Imagem roubada no TóColante)