Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| "Social-democracia, sempre!"

por josé simões, em 01.04.16

 

gráfico 1.jpg

 

 

gráfico 2.jpg

 

 

gráfico 3.jpg

 

 

[Encontrado aqui]

 

 

 

 

||| Contra factos não há argumentos

por josé simões, em 23.01.15

 

 

 

Houve criação de emprego e emprego bem remunerado, que o Governo não tem um modelo de baixos salários para o país”, os pais que já estavam empregados começaram a ganhar mais, subiram de escalão no IRS, os filhos deixaram de poder receber abono de família. "O país está melhor", Viva o Passos, viva! pim!


«Quase 40 mil crianças e jovens perderam o direito ao abono de família entre dezembro de 2013 e o mês homólogo de 2014»

 

 

 

 

||| Se dúvidas houvesse

por josé simões, em 03.01.15

 

Levalet.jpg

 

 

Sobre o sucesso do programa de ajustamento de "ir além da troika" e de que o país está melhor e que as melhoras do país começam a ter reflexo directo no bolso dos cidadãos e no dia-a-dia das famílias por causa do emprego que está aí e do investimento que está ali e que só falta o consenso acoli como avisou Cavaco 'O Avisador' Silva no primeiro dia do ano e que na hora de votar devemos pensar todos muito bem em quem nos tirou da desgraça e nos pôs em tão risonho e ensolarado futuro:


«52 mil idosos perderam complemento solidário


O universo dos beneficiários de apoios e prestações sociais continua a diminuir em Portugal. Os últimos dados oficiais, de Novembro face ao mês anterior, apontam de novo para um decréscimo do número de crianças e jovens com direito a abono de família e do total de pessoas que recebem subsídio de desemprego


[Imagem]

 

 

 

 

|| O "elevador social" de que Paulo Portas falava na campanha eleitoral

por josé simões, em 05.03.13

 

 

 

Uma vez que anda toda a gente preocupada, desde o senhor Aníbal Silva ["O que é preciso fazer para que nasçam mais crianças em Portugal?"] até ao senhor José da Esquina, com a baixa, e com a baixa da taxa de natalidade em Portugal, a imeeeeensa maioria não foi certamente devido a um aumento do agregado familiar mas antes à diminuição de rendimento disponível - salário consideravelmente mais baixo ou desemprego.

 

Mais medalhas no peito do governo PSD/ CDS-PP, ou quando não receber abono de família é um bom indicador e uma boa notícia para as famílias.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Farinha do mesmo saco

por josé simões, em 11.01.13

 

 

 

€8 800 a dividir pelos 12 meses do ano, igual a €733 mais uns trocos por mês, por sua vez a dividir por 4 – casal mais 2 filhos, é uma das preocupações do Governo PSD/ CDS legitimada pelo relatório do almighty FMI, elaborado com as dicas do Governo PSD/ CDS. Como dizia Paulo Portas em campanha eleitoral, é "o elevador social".

 

Pensões superiores a €1350 mensais taxadas de 3,5% a 10% são as preocupações, baseadas em "pareceres jurídicos aprofundados", do Presidente de um Governo e de uma maioria. Tudo o resto no Orçamento do Estado para 2013 está bem e aconselha-se.

 

Criminosos e cobardes, sim. Do que é que as pessoas estão à espera para se revoltar?

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Ano da Graça de 2012

por josé simões, em 14.05.12

 

 

 

Os remediados passaram a ricos, por decreto governamental, os miseráveis crescem como cogumelos, por via da "majoração" e do "elevador social", promessas da campanha eleitoral.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Defender o Estado Social

por josé simões, em 11.07.11

 

 

 

Mas poupou no Abono de Família e no Subsídio de Desemprego:

 

«gastou mais de 236 milhões de euros com estudos e pareceres, ignorando a maioria das recomendações do Tribunal de Contas para regular as despesas de consultadoria»

 

(Imagem Paul Muni, “Scarface The Shame Of The Nation”, Howard Hawks, 1932)

 

 

 

 

 

|| O PSD o Estado Social e o neo-liberalismo

por josé simões, em 02.10.10

 

 

 

Um dos princípios do Estado Social é o apoio à velhice, através de pensões e/ ou reformas, conseguido através de uma fórmula simples que consiste em descontar uma percentagem do salário ao longo da vida activa. Isto implica que a base da pirâmide seja formada pelos cidadãos activos, o que leva o outro dos princípios do Estado Social que é o do apoio e incentivo à natalidade, seja através do Abono de Família, Cheque-bebé, e/ ou outros.

 

Se isto não é o neo-liberalismo em todo o seu esplendor, o que é o neo-liberalismo?

 

(Imagem via Instituto Nazionale per la Grafiac, Roma)

 

Adenda: Não, não há erro no título.