Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| Ricochete

por josé simões, em 06.05.16

 

 

 

A direita, pantomineira, introduziu no discurso político o "a expensas do contribuinte" e o "viver acima das possibilidades" como forma de justificar tudo o que era/ foi corte nas funções sociais do Estado, subitamente "gorduras" e "má despesa". Agora, e no caso concreto do ensino privado, leva por tabela por o contribuinte, farto de pagar por tudo e por nada e por 5 anos de empobrecimento e de resgate a bancos, privados, que parece que nunca mais acaba por estar sempre a aparecer outro e outro de debaixo do tapete do Banco de Portugal, se recusa a aceitar dar mais um tostão que seja para acudir aos negócios dos outros. Diz agora, a direita, que é ideologia aquilo que é uma questão de racionalidade e de cumprimento da Lei e da Constituição, o que antes não era ideologia, a duplicação da oferta em prejuízo da escola pública e do bolso do contribuinte. Temos pena, estudassem.