Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Realeza e cagadeiras de rés-do-chão

por josé simões, em 24.04.18

 

French_Squatter_Toilet.jpg

 

 

Ainda sou do tempo das retretes turcas nas fábricas, também conhecidas por cagadeiras de rés-do-chão, por oposição às outras, de "primeiro andar", nos escritórios e departamentos, porque um operário foi feito para ter força nas pernas. Agora o obrar sentado democratizou-se e até já há desinfectante para as mãos e papel higiénico, com grande prejuízo para as leituras de jornais com uns dias de atraso e para a higiene das partes baixas de cada um, à vez sentados onde se sentam os filhos de cada mãe.

Ontem vimos todos nas televisões uma aprendiza de rainha, de bebé ao colo na porta do hospital pelo próprio pé, sorridente e sem apoios, poucas horas depois de ter dado à luz o terceiro filho [parir é honra plebeia], por oposição à ralé, de baixa médica por dores nas virilhas e depressões várias, que o Serviço Nacional de Saúde é bom, apesar de todas as maldades sofridas, muito melhor que o endeusado NHS, e os descontos dos contribuintes são generosos.

E se isto não é o  the end of the fucking world as we know it não sei não...

 

[Imagem]