Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

O regresso da múmia

por josé simões, em 24.05.16

 

Vintage_Cinema__The_Mummy.png

 

 

Dando como exemplo ele próprio – que não é político, nunca foi político nem nunca será político, e o mal-baratar de milhões e milhões em fundos comunitários – o novo ouro do Brasil, como lhe chamaram; uma rede de compadrio e corrupção, a destruição do tecido produtivo do país, com o sector da agricultura e o  das pescas à cabeça – pagar para abater e não produzir; a aposta no betão em detrimento do caminho-de-ferro; o investimento massivo em infra-estruturas no litoral do país e o abandono do interior; a criação e a engorda do "monstro". Realmente é preciso ter uma lata tamanho do mundo...


"a política económica é demasiado importante para ser deixada aos políticos" e "basta ver o que aconteceu na Grécia", depois da governação de partidos da minha [dele] área política, referindo-se à Nova Democracia das contas maquilhadas e do défice escondido.


[Imagem]

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post