Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| O lucro é bom. Alínea a)

por josé simões, em 21.11.14

 

 

 

 

E a esquerda tem fobia e horror ao lucro e estigmatiza o lucro e condena quem ousa ter lucro e negócios que dão lucro e o coise e tal. À falta de melhor argumento para contrapor e como justificação mal-amanhada ao por-cima-de-toda-a-folha e vale-tudo-e-até-arrancar-olhos neoliberalista, em prol da mais-valia do patrão e do accionista, é lengalenga que os ideólogos de Pedro Passos Coelho e os apóstolos de Paulo Portas costumam atirar à cara dos oponentes em qualquer frente-a-frente ou debate ou fórum nas televisões e nas rádios. Mas como a mentira tem perna curta e, ao contrário do que dizem, uma mentira não passa a verdade mesmo que mil vezes repetida, basta introduzir na equação uma empresa pública, num concurso público, em pé de igualdade com outras privadas da mesma área, para se perceber que há lucro e lucro e lucro mais lucro do que o lucro, quem na realidade tem fobia e horror ao lucro e estigmatiza o lucro e condena quem ousa ter lucro e negócios que dão lucro, numa empresa pública, de serviço público, gerida por um privado – o supra-sumo da gestão que ia acabar com o regabofe e com o despesismo, de nomeação governamental, do Governo que luta, contra a esquerda, pelo lucro, e que faz contas - outra coisa que a esquerda não sabe fazer, o argumento a seguir ao argumento do lucro, e que percebe que as receitas em publicidade e revenda de direitos compensam o investimento na compra.

 

Da próxima vez que os ideólogos de Pedro Passos Coelho, os apóstolos de Paulo Portas - e os próprios, vierem, enfunados, com a máxima reluzente de que “o lucro é bom” acrescentamos à frente "alínea a)".

 

 

 

 

 

 

 

1 comentário

Comentar post