Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| O guião

por josé simões, em 24.02.15

 

alexis-arnold-crystallized-books.jpg

 

 

Sábado, domingo, segunda-feira quase perto da meia-noite, 3 – três – 3 dias, a contar a partir da reunião do Eurogrupo da passada sexta-feira, levaram os gregos, sem experiência em trambiquices do "arco da governação", a despachar a coisa com "sentido de Estado". Um dia por cada ano que Paulo Portas anda a empatar, a mastigar, a engonhar a "reforma do Estado" que afinal é para fazer só/ é só para fazer na próxima legislatura, que é como quem diz não vai ser feita ou, se for, não será ele quem a fará. O CDS assume as suas responsabilidades não é como os irresponsáveis da extrema-esquerda, diz o líder do ex-partido do combatente-lavoura-pensionista-contribuinte-reformado-das-famílias e futuro partido da causa que estiver mais na onda, partido do consumidor, por exemplo, massacrado e castigado pelo Governo do PSD, tem no CDS uma bandeira.


[Imagem]

 

 

 

 

1 comentário

Comentar post