Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

O doutor Santa Lopes amuou

por josé simões, em 24.09.19

 

Sem Título (11).jpg

 

 

Disseram ao doutor Santana Lopes que era boa política e bom para a política, a dele, vir para o Twitter, dava votos, as novas ferramentas de comunicação e o coise. Viram o sucesso que foi a "rede" do Obama? E o burburinho do Rei do Twitter, o Trump, uma criança nitidamente desequilibrada mas ainda assim um sucesso em 280 caracteres. Cofveve. E o doutor Santana Lopes lá veio para o Twitter, depois de décadas nas televisões a vender banha da cobra sem contraditório, depois de décadas a ser pago pelas televisões, à paisana ou em frente-a-frente com adversários, vendedores de elixires vários, com moderadores que só ali estavam porque parecia mal se ali metessem um manequim. Só que o Twitter, que é bom para a saúde e faz puxar pela cabecinha, começou a confrontar e a questionar o doutor Santana Lopes com as suas incoerências e contradições, coisa que não lhe acontecia quando era pago e lhe estava a acontecer agora, que estava ali de borla, wtf? , a tal massa anónima da net que julga e condena e que é bué boa para os políticos quando se trata de passar spin para a carneirada mas que quando o rebanho faz perguntas é o pelourinho. E o doutor Santana Lopes, desabituado e mal habituado que lhe perguntem, por exemplo, como é estar reformado desde os 50 e poucos anos de idade e passar o resto da vidinha até aos 60 e muitos a perorar nas televisões sobre "sustentabilidade da Segurança Social", desatou a bloquear os perguntadores inconvenientes. Mas mesmo bloqueando línguas de perguntador no Twitter há sempre a possibilidade de as perguntas continuarem a ser feitas, era o que mais faltava?! , e o doutor Santana Lopes fechou a conta a cadeado e agora o Twitter, que era bué bom para passar spin e dava votos, passou a ser assim a modos que um diário secreto online de um político que se vê primeiro-ministro de Portugal. O primeiro líder partidário que nega aos possíveis e potenciais eleitores a possibilidade de conhecerem o seu pensamento político. E já não ganha votos com isso. Mas também não perde, o que dadas as circunstâncias até é um ganho assinalável.

 

O doutor Santana Lopes amuou e fez beicinho e Putin, Rui Rio, Trump, o louco do Irão com a cabeça enrolada em trapos, Bolsonaro, Assunção Cristas, o Papa Francisco, António Costa, vítimas diárias de perguntadores diversos e de ódios vários no Twitter, riram-se. lol.