Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| O chulo

por josé simões, em 09.02.15

 

canvas.png

 

 

chulo


Adjetivo
chu.lo


2. (Pejorativo) que vive à custa de alguém

 

chu•lar - Conjugar
(chulo + -ar)


verbo transitivo
1. Viver às custas de alguém, aproveitando-se dele. = APROVEITAR-SE


Nos intervalos de ser o alemão mais lacaio que os lacaios de herr Wolfgang Schäuble e o Donaltim de frau Angela Merkel, sem nunca ter ido à luta e sem nunca ter mexido sequer uma palha para aliviar quem o elegeu, em Portugal como português, antes pelo contrário, para pior nunca basta assim, Pedro Passos Coelho diz que «as soluções que forem encontradas para a Grécia têm de valer para todos» , sem perceber, porque o fundamentalismo ideológico e o espírito de subserviência mais não consentem, arrisca-se mesmo a receber de volta as soluções que forem encontradas para a Grécia, também sem nunca ter mexido uma palha para o evitar, sem os portugueses o terem pedido quando o elegeram e, porque como Portugal não é a Grécia, culpa do Governo grego que devia ficar muito quietinho no seu lugar enquanto o país vai definhando e o povo desfalecendo, por respeito para com Portugal e para com os esforços dos  administradores plenipotenciários da Alemanha no Governo português.


«Gostaria de avisar quem está a pensar estrategicamente amputar a Grécia da Europa, isso é muito perigoso». «Quem será o próximo depois de nós? Portugal? O que vai acontecer quando a Itália descobrir que é impossível manter-se dentro da camisa de força da austeridade?»


[Imagem]