Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Muito do 1% também passa por aqui

por josé simões, em 07.11.19

 

Occupy_Wall_Street_Together_.jpg

 

 

Até meados dos anos 80 era absolutamente banal um electrodoméstico durar dez ou mais anos. Muitos mais. Em casa dos meus pais havia um esquentador Vaillant, passe a publicidade, comprado nos anos 60 que só deixou de existir com o advento da gás natural canalizado. Até as lâmpadas aguentavam nos casquilhos gerações inteiras. De casa da minha avó saíram lâmpadas antigas, de vidro grosso e filamento ainda mais grosso, que só deixaram de dar luz vinte anos depois, depois de caídas ao chão numa mudança. Muito do 1% também passa por aqui.

 

"O PCP quer uma garantia de dez anos para os electrodomésticos, viaturas e dispositivos electrónicos. A medida consta de um projecto de lei entregue pelos comunistas na segunda-feira na Assembleia da República.

 

A medida visa combater a obsolescência programada e promover a durabilidade dos bens de consumo. Os comunistas defendem que os fabricantes devem comprovar que as técnicas utilizadas na concepção dos equipamentos asseguram a sua longevidade, recusando práticas de obsolescência programada."

 

Projecto de lei apresentado no Parlamento promover durabilidade dos bens de consumo e diminuir a emissão de dióxido de carbono.

 

[Imagem]