Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Há aqui um padrão

por josé simões, em 14.05.19

 

Germany, 1912-1915.jpg

 

 

Em 1997 Torres Couto justificava a sua candidatura à Câmara de Almada com o conhecimento que tinha da cidade que sobrevoava de avião todas as semanas regressado de Bruxelas, em 2019 o ex-secretário de Estado de Santana Lopes, Paulo Rangel, vai de avião ver o rescaldo os fogos de 2017 a Pampilhosa da Serra, para dar tempo às brasas estarem totalmente apagadas.

 

Em 2009, por ocasião de uns dias de motim no bairro da Bela Vista, Paulo Portas deslocou-se à cidade de Setúbal para se inteirar da situação e prestar homenagem e solidariedade às forças da Lei e da Ordem, na Rua dos Ourives e Praça do Bocage. Assim a modos que haver balbúrdia em Chelas e ir até à Rua da Prata saber em que pé estão as coisas.

 

Assunção Cristas e o candidato amigo dos fascistas do Vox dão uma volta por tudo o que esteja ao alcance de uma câmara de televisão até chegar a Sócrates, que se foi embora em 2011. Há sempre uma causa efeito. O VAR não viu o golo em fora-de-jogo? A tal da volta há-de ir parar ao secretário de Estado de José Sócrates.

 

O amigo do amigo dos fascistas do Vox, Paulo Rangel, dá uma volta por tudo o que esteja ao alcance de uma câmara de televisão até chegar a Sócrates, que se foi embora em 2011, e a António Costa, que se foi embora quatro anos antes de Sócrates ter saído. Não vão até Guterres porque o "pântano" diluiu-se na unanimidade ONU. Já Mário Soares era Presidente e volta e meia ainda vinha à baila a desgovernação do "gonçalvismo". Portanto...

 

Portanto António Costa pediu um voto de confiança ao Governo nestas europeias onde um pepino cabeça de lista se calhar lhe dava a maioria absoluta nas próximas legislativas.

 

[Imagem de autor desconhecido]