Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| Há aqui qualquer coisa que não está bem

por josé simões, em 08.07.14

 

 

 

Na véspera a gente ouve e vê o vice-trampolineiro Paulo Portas nas televisões, com ar sério e sem aquele característico sorriso cínico de superioridade iluminada, jurar por Deus e pelas alminhas que os salários dos funcionários públicos vão começar a ser repostos, já em 2015 e ao ritmo de 20% ao ano e, no dia seguinte, a maioria PSD/ CDS-PP, que suporta o vice-trampolineiro e o seu partner, senhor Coelho, primeiro-ministro no Governo, aprova a reintrodução dos cortes salariais.

 

Nada de mais, deve ser o famoso "we' ve got to get in to get out" que o Peter Gabriel cantava nos idos dos Genesis. E nada de mais também não fora as reposições serem atiradas [acredite quem quiser], para o próximo executivo, seja ele qual for, por parte de quem está sempre com a boca cheia do "a herança que deixamos às gerações futuras".

 

O que aqui não está bem não é o facto de dizerem uma coisa hoje e fazerem precisamente o seu contrário, logo no dia seguinte e sem sequer um intervalinho para assentar a poeira do esquecimento, porque isso não é defeito é feitio, é a natureza deles. O que não está aqui bem é, depois de tudo isto, e isto é só mais uma para a colecção, continuar a haver quem se disponha no dia das eleições a fazer a cruzinha no boletim de voto nos quadrados ao lado dos símbolos do PSD e do CDS. Isto é um case study.

 

[Imagem]