Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| Foi "inspiração da Nossa Senhora de Fátima"

por josé simões, em 11.02.15

 

 

 

Que é como o milho do Congresso - boa, e que soprou ao ouvido de miss Swaps, "vai e troca dívida com juros mais altos, emprestada pelo FMI para nos ajudar, por dívida de juros mais baixos, nos mercados que obrigaram o FMI a vir ajudar-nos, e depois vem para a televisão fazer um figurão e dar a entender que estamos mesmo a acabar com a dívida, que os jornalistas dizem que sim, abanam a cabeça e fazem câmara de eco sem questionar”.


"Quem diria há um ano atrás que Portugal não precisava de um segundo resgate, que Portugal não precisava de um programa cautelar e quem se atrevia a antecipar que Portugal ia pagar antecipadamente ao FMI os empréstimos que foi obrigado a contrair"


De qualquer das maneiras amanhã Cavaco Silva, o sonso, vai dizer que nunca falou em amortização da dívida mas em pagar antecipadamente, o que é diferente e só as más-línguas é que conseguem vê-lo a abrir a boca e a fazer fretes ao Governo e que nunca disse o que disse e que o que disse foi porque o Governo lhe disse e que o Presidente quando diz é depois de ponderar e porque tem os seus canais para lhe dizerem as coisas que há-de dizer.

 

 

 

 

1 comentário

Comentar post