Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| Ele a fazer-se de desentendido

por josé simões, em 07.06.14

 

 

 

Como se o chumbo do Tribunal Constitucional fosse só, o que já não era pouco, um chumbo ao Orçamento do Estado para 2014 e não fosse também um chumbo ao camarada conivente do Governo, o Presidente da República.

 

O Presidente da República que, segundo as suas próprias palavras, não enviou o Orçamento do Estado para 2014 para o Tribunal Constitucional porque os pareceres que solicitou "não apontam para a inconstitucionalidade das normas orçamentais". Pareceres talvez pedidos àqueles a que o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho se refere quando diz que é preciso mais exigência na escolha dos juízes para o Tribunal Constitucional.

 

Não lhe bastava ter-se demitido das suas funções de cumprir e fazer cumprir a Constituição e de fechar os olhos às ilegalidades e aos ataques ao Estado de direito por parte do governo de iniciativa presidencial, ainda vem comer os portugueses por parvos.

 

O que vale é que o pagode, à sua custa, já sabe o que a casa gasta.

 

"Se alguém pensa que está a pressionar-me, é melhor desistir. Porque eu não cedo a nenhumas pressões, venham elas de onde vierem"

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

1 comentário

Comentar post