Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| "Cavaco começa a ouvir personalidades para preparar argumentos"

por josé simões, em 10.11.15

 

ampola.jpg

 

 

O Corpo Nacional de Escutas, a Confraria do Bacalhau, Dias Loureiro, a Associação dos Deficientes das Forças Armadas, o Clube de Campismo de Setúbal, Oliveira e Costa, a Associação de Futebol de Aveiro, a Associação das Famílias Numerosas, José Gomes Ferreira, a Confraria do Queijo de S. Jorge, Duarte Lima, a Comissão de Festas da Nossa Senhora da Atalaia, Isabel Jonet, o Opinião Pública da SIC Notícias, João César das Neves, o Refúgio Aboim Ascensão, o João Duque, a Associação Católica Nossa Senhora de Fátima, a Helena do blogue Blasfémias, a Confraria do Azeite, a Associação Nacional dos Criadores de Suínos de Raça Bísara, Alexandre Soares dos Santos, o Movimento Compromisso Democrático, Luís Caprichoso, a editora Alêtheia, Francisco Sanches, a Federação Portuguesa de Tuning, Alexandre Relvas, o director do Correio da Manha, a Wikipédia, Paulo Baldaia, a Protecção Civil, o Cantiga Esteves, a Ritmos & Blues, Vasco Campilho, a Associação das Profissionais do Regime de Amas, o Zeca Mendonça, a Associação de Comandos, a Confraria do Vinho Verdelho dos Biscoito, António Carrapatoso, o Ciberdúvidas, o juiz Carlos Alexandre.


"O presidente da República vai começar a ouvir, nos próximos dias, personalidades de várias áreas da vida pública, na iminência da queda do governo recém-empossado de Pedro Passos Coelho"


[Imagem]

 

 

 

 

5 comentários

Comentar post