Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

As coisas como elas são

por josé simões, em 04.01.21

 

calimero.jpg

 

 

Aqueles que logo a seguir às férias de Agosto desataram a meter veneno em tudo o que era espaço de comentário e opinião que já se tinha proibido a Páscoa às famílias não se [dev]ia agora proibir o Natal, a união, os meninos à roda da lareira, a festa da família, que as pessoas são responsáveis e outras tretas do género, são agora exactamente os mesmos que vêm apontar o dedo à liberdade dada pelo Natal e à irresponsabilidade dos portugueses pelo disparar de casos Covid. Siga a marcha.