Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

As coisas como elas deviam ser

por josé simões, em 22.05.22

 

Janet Delaney.jpg

 

 

Passaram a sexta, o sábado, e o domingo até ao apito do árbitro, muito indignados nas redes porque a final da Taça de Portugal, por ser entre uma equipa dos cus de Judas e uma do Porto - o centralismo lisboeta, a Pintofobia e outras calimerices do género, não estava a ter na imprensa o mesmo destaque que habitualmente tem, ler: não estava a ser o circo imbecil montado pelas televisões nas portas dos centros de estágio, hotéis, motas atrás dos autocarros, directos de duas e três horas com entrevistas a cada palerma anónimo mais palerma que o entrevistado anterior, com as previsões mais estapafúrdias e os comentários mais alarves que nem o Freud conseguia explicar, quando o lamento e o protesto nas redes devia ser por as coisas não serem sempre assim, sejam as equipas quais forem na disputa - Benfica, Porto, Sporting, Braga, etc.

 

[Link na imagem]