Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| Agora vamos brincar aos presidentes da República

por josé simões, em 26.06.14

 

 

 

Ataques cerrados ao Tribunal Constitucional passaram-lhe ao lado porque o homem é imune a pressões e guia-se sempre pelo que considera ser o "superior interesse nacional" e coise. E como é chefe de facção e só faz o que lhe convém, por interposta pessoa o Governo do seu partido e lhe entra por um lado a 100 para lhe sair pelo outro a 200, vai de encher chouriços para debater o que já está mais que debatido e decidido entre o Governo e o Presidente da República, a "situação económica, social e política, face à conclusão do Programa de Ajustamento e ao Acordo de Parceria 2014-2020 entre Portugal e a União Europeia para os Fundos Estruturais", com o conselheiro Marques Mendes na véspera a avisar, na avença que tem na televisão, o que vai acontecer no dia a seguir, mais o Expresso, do também conselheiro Francisco Balsemão, a publicar as "actas" do Conselho de Estado, de "fontes fidedignas", claro, e o conselheiro Marcelo Rebelo de Sousa a badalar, na avença que tem no outro canal de televisão, com grandes esgares para cima da dona Judite, as peripécias do evento. Salva-se Mário Soares, que não vai em grupos do ponham lá aí a vossa assinatura por baixo para isto ficar com uma cara de consenso e de sabedoria de senadores, sai a meio da peça e vai de fim-de-semana para o Algarve.

 

[Imagem de autor desconhecido]