Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

A alegria de ver o banco Totta nas mãos de um português

por josé simões, em 03.07.20

 

António Champalimaud – foto de Alfredo Cunha.jpg

 

Pessoas que vêm com alegria nacional  o que é ter um empresário português, Humberto Pedrosa, como accionista da TAP, estão a gozar com o pagode ou estão a ser gozados? Estamos todos lembrados da miríade de empresas em que foi desmontada a Rodoviária Nacional e das compradas Humberto Pedrosa no processo de privatização? Quantas detém hoje?

 

É legítimo Humberto Pedrosa, ou outro qualquer, comprar barato e vender pelo melhor preço, ou até bender porque lhe apetece ou porque sim, ninguém tem nada a ver com isso, é assim que as coisas funcionam num mercado livre, e nem é isso que está em causa ou passível de discussão sequer. Vivemos numa sociedade capitalista e o dinheiro não tem bandeira, temos pena por quem não percebe as regras. E também é legítimo haver totós, é assim que o mundo funciona.

 

Depois vão andar todos a amaldiçoar o malandro do Champalimaud por ter vendido o Totta aos espanhóis?

 

[Imagem de Alfredo Cunha]