Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| E conseguem dizer estas coisas sem se rirem

por josé simões, em 23.06.12

 

 

|| Vai ser assim

por josé simões, em 10.06.12

 

 

 

E a princípio não vai estar e vai esbracejar muito. E depois vai estar mediante certos e determinados princípios de que não abdica. Princípios esquerda, claro. No fim vai acabar por assinar tudo. O claro e o menos claro. De direita, claro. Tudo pela Pátria e pela Democracia e pelo Estado de direito e coisas assim. Não é defeito é feitio.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| O polícia bom vs. o polícia mau, a rábula

por josé simões, em 04.04.12

 

 

 

 

Vêm os malandros da Troika, na pessoa de Peter Weiss – o polícia mau, dizer que se calhar e tal o corte dos 13º e 14º meses para os funcionários públicos e pensionistas afinal pode não ser uma medida temporária e que é para manter para lá de 2014 é melhor começar a pensar nisso, a consolidação orçamental e o lado da despesa.

 

Vem logo a seguir o polícia bom – Carlos Moedas, que estava atrás da porta a ouvir a conversa do polícia mau, a dizer que não senhor, não foi nada disso que ficou acordado, é temporário e não se fala mais nisso e ainda por cima há o obstáculo epistemológico chamado Constituição e a consolidação orçamental e o lado da despesa.

 

E ainda as costas estavam a folgar no intervalo do pau ir e vir e entra logo o ajudante do polícia bom – Jorge Moreira da Silva, que andou na mesma academia de polícia que o chefe da polícia – Pedro Passos Coelho, dizer que sim senhor, que é não senhor, porque a Constituição e a prudência e honestidade intelectual e a consolidação orçamental e o lado da despesa e que terceiro, isso vai para além do memorando de entendimento,   que é o único acordo que o Estado português tem.

 

Opsss… ir para além do memorando de entendimento…

 

[Imagem]