Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Um patife

por josé simões, em 02.07.16

 

mickey scott scheidly.png

 

 

Se houver sanções ficar-se-ão a dever exclusivamente à inabilidade e incompetência do actual primeiro-ministro e do Governo.


E o que tem a dizer Carlos Moedas, comissário europeu na Comissão Europeia que quer aplicar sanções a Portugal, por o Governo de Carlos Moedas, secretário de Estado, ter ultrapassado em uma décima [3, 1%] a meta do défice estabelecida para 2015?


[Imagem de Scott Scheidly]

 

 

 

 

É sempre a descer

por josé simões, em 01.06.16

 

Danny-Kaye.jpg

 

 

Primeiro em tragédia, depois em comédia.


[Na imagem o sósia]

 

 

 

 

Não se lembraram disso quando eram Governo

por josé simões, em 19.05.16

 

macaco.png

 

 

Não se lembraram disso quando eram Governo e quando decidiram, contra a lei, estender os contratos de associação a zonas do país com oferta assegurada pela escola pública e de permitir que os colégios fossem captar alunos a outras regiões, com prejuízo evidente para a escola pública, para os cofres do Estado e para o bolso do contribuinte, não se lembraram de pedir ao Conselho Nacional de Educação para elaborar e remeter para o parlamento "um estudo rigoroso relativamente aos impactos financeiros e aos custos associados ao ensino nas escolas públicas estatais e nas escolas públicas que integram a rede do ensino particular e cooperativo". De caminho pode também o Conselho Nacional de Educação elaborar e remeter para o parlamento "um estudo rigoroso" sobre o inflacionamento das notas pelas escolas privadas, que não são "escolas" mas "colégios", com vista ao ingresso do aluno, pagante, na universidade pública, onde vai concorrer em nível de desigualdade com alunos vindos do ensino público, e também um "estudo rigoroso" sobre o ensino ministrado nos colégios privados dirigido especificamente para os boas notas nos exames e consequente direito a figurar no top of the pops do ranking nacional das escolas, apesar dos sacos de vento de conhecimento que produzem.


[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

||| O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 09.04.16

 

dannykaye.jpg

 

 

"O líder da bancada parlamentar do PSD, Luís Montenegro, defende que o Estado deve traçar limites à cobrança de impostos às famílias e às empresas, uma espécie de pacto fiscal que permita conferir alguma estabilidade à vida dos contribuintes."


[Luís Montenegro sósia de Danny Kaye, na imagem]

 

 

 

 

||| Não ter a puta da vergonha na cara é isto

por josé simões, em 02.04.16

 

 

 

"O Estado tem de ser uma pessoa de bem e os pactos estabelecidos, quer internamente quer externamente, têm de ser cumpridos"


Luís Montenegro, líder do grupo par[a]lamentar do PSD no XXXVI congresso do partido, quatro anos depois do Governo da direita radical PSD/ CDS a rasgar e mandar às malvas todos os contratos de décadas, internamente estabelecidos com os cidadãos, com o álibi dos contratos externos assinados, para reduzir salários e pensões, eliminar prestações sociais, retirar direitos e garantias às pessoas, precarizar relações laborais e desmantelar o Estado nas suas funções sociais. Não ter a puta da vergonha na cara é isto.


[Imagem]

 

 

 

 

||| O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 16.03.16

 

palhaço.jpg

 

 

"mudam os discursos em função das plateias que têm pela frente, nós não somos desses". Luís Montenegro, líder do grupo parlamentar do PSD dirigindo-se à bancada do PS antes da votação do Orçamento do Estado para 2016.


[Imagem]

 

 

 

 

||| "Social-democracia, sempre!"

por josé simões, em 29.02.16

 

Goodfellas.jpg

 

 

"Dezenas de militantes na mesma morada, quotas pagas à pressa e em bloco e um ex-governante (Hermínio Loureiro) e o líder parlamentar (Luís Montenegro) como mandatários dos dois lados da barricada."


"Em dois meses do último verão (junho e julho) foram inscritos 418 militantes na secção de Ovar, dos quais 271 pertencem à freguesia de Esmoriz e 80 tinham residência na rua dos Pescadores."


"PSD. Militantes inscritos em bloco fazem distrital de Aveiro maior que Lisboa"


[Imagem]

 

 

 

 

||| O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 16.02.16

 

danny_kaye.jpg

 

 

"Os portugueses ainda vão ter saudades dos tempos em que o Governo protegia os rendimentos mais baixos e onerava os mais altos". Subentende.se que "o Governo" é "o Governo", "social-democracia, sempre!".


[Na imagem o original do sósia Luís Montenegro]

 

 

 

 

||| Há vida em Marte?

por josé simões, em 19.12.15

 

ufo.jpg

 

 

De ponto do Governo a moço de fretes do ex-presidente do Conselho.


«Como é ser o patrão do patrão no Parlamento e liderar o deputado Passos Coelho?


É muito fácil porque coordenamos e articulamos tudo o que aqui se faz. Estamos em contacto permanente.»


Ambrósio, apetecia-me tomar algo...


[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

||| Quatro anos depois e depois de quatro anos

por josé simões, em 04.11.15

 

 

 

Quatro anos depois e depois de quatro anos de Luís Montenegro e Adão Silva pelo PSD, Nuno Magalhães e Telmo Correia pelo CDS, à vez, em simultâneo ou revezando-se no papel de auxiliares de cena, vulgo "ponto", [no teatro escondido dentro de uma caixa na boca do palco], nos debates quinzenais na Assembleia da República a soprarem as falas ao Governo ou a plantarem dicas e deixas, disfarçadas de perguntas, para o Governo pegar e, pornograficamente, desenvolver acções de propaganda em directo, ao vivo e a cores, em encenações Bollywood num país imaginário, vem o líder da bancada do 4.º partido com assento parlamentar, a reboque do encontro com um ministro do frete a recibo verde, esbracejar o espantalho dos regimes totalitários por as bancadas à esquerda no parlamento não embarcarem na repetição da palhaçada. É preciso ter lata...


[Imagem]

 

 

 

 

||| É só rir

por josé simões, em 21.06.15

 

coelho portas.jpg

 

 

Como é que vão ser os debates/ frente-a-frente entre Pedro Passos Coelho e Paulo Portas, consagrados na nova «Lei que define os princípios que regem a cobertura jornalística das eleições e referendos nacionais», da autoria dos deputados do PSD Luís Montenegro e Carlos Abreu Amorim e dos deputados do CDS Nuno Magalhães e Telmo Correia, aprovada com os votos favoravies do PSD e do CDS e votos contra de toda a oposição e que incluí a chico-espertice de dar a voz a Paulo Portas, via forças políticas com assento parlamentar, ao invés do "líder" da coligação que se apresenta aos eleitores?


[Na imagem "Beija o anel mas não lambuzes se não queres que peça uma factura detalhada com a listagem de todos os sms e se na próxima legislatura não quiseres ir de tuk tuk para a Assembleia da República"]

 

 

 

 

||| Tudo numa imagem

por josé simões, em 04.03.15

 

montenegro-passos-marco.jpg

 

 

Pedro Passos Coelho no meio de Luís Montenegro – his master's voice no Parlamento, e que com uma parte do corpo lhe protege as costas, e de Marco António – o ideólogo da "ida ao pote", que parece levá-lo pelo braço enquanto esboça um avanço para, pela frente, com o seu próprio corpo proteger o corpo do chefe, acossado, olhar a roçar o pânico, que levanta o braço direito para se defender de possíveis golpes desferidos. Tudo numa imagem. Um partido desorientado, porque apanhado de surpresa, à nora, a disparar em todas as direcções.


«Passos não sabia? Então não preencheu a declaração de IRS?»

 

 

 

 

||| Reabilitações e assombrações

por josé simões, em 31.10.14

 

assombração.png

 

 

Nem o sósia de Danny Kaye, que lidera a bancada parlamentar do PSD com muito menos piada e infinitamente pior actor, nem Telmo 'escudeiro-de-Paulo-Portas' Correia, nem o iirevogável vice-pantomineiro percebem que a reabilitação de José Sócrates não está/ não foi feita por António Costa nem pelo novo líder da bancada parlamentar do PS, Ferro Rodrigues, mas por 4 anos de governação PSD/ CDS-PP ou, se preferirem, de Pedro Passos Coelho/ Paulo Portas, debaixo da asa protectora de Cavaco Silva, conseguindo ainda de caminho a proeza de reabilitarem também Santana Lopes e fazerem dele um estadista de primeira água. Compreende-se assim a "assombração" que atormenta, é que a má fé, a incompetência e a mediocridade é tanta e tamanha... E ainda para mais depois de se terem unido para chamar a troika e corrigir o 'regabofe' socialista.


[Imagem]

 

 

 

 

||| Rewind/ Fast Forward buttons

por josé simões, em 09.10.14

 

bosco.jpg

 

 

«Chegam à demagogia de virem com a ladainha que estamos a ajudar os banqueiros, os poderosos, quando nós isentamos de responsabilidade os contribuintes, ao invés do que aconteceu de facto com o BPN»


[Imagem]

 

 

 

 

||| O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 25.09.14

 

 

 

"Aquilo que o senhor primeiro-ministro fez foi requerer esse esclarecimento para o órgão competente"

 

Uma vez que anda falho de memória e que o dinheiro é mato, o senhor primeiro-ministro pediu à Procuradoria-Geral da República para esclarecer se o cidadão Pedro Passos Coelho enquanto deputado recebeu ou não cinco mil euros mensais de uma empresa privada durante três anos. Se por artes mágicas ou dons de adivinhação da Procuradoria-geral da República o caso der positivo, que recebeu sim senhor, e que tenha sido em cash e pela porta do cavalo, os cinco mil euros mensais recebidos durante três anos pelo cidadão Pedro Passos Coelho enquanto deputado são do foro privado do senhor primeiro-ministro à semelhança da casa de férias na Manta Rota?

 

[Imagem]