Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| Depois do social-fascismo, o social-colaboracionismo

por josé simões, em 06.07.15

 

banksy.jpg

 

 

"Por isso, o presidente do Parlamento Europeu considera que Tsipras enganou os gregos"


"Toma nota do resultado do referendo grego. É um resultado muito lamentável para o futuro da Grécia


""os idosos, pensionistas e crianças" não devem pagar pelas consequências da governação do Syriza"


"Depois da recusa das regras do jogo da zona euro, como é expresso pelo voto 'não', negociações sobre os programas de ajuda de milhares de milhões parecem-me dificilmente imagináveis"


Diz que os senhores são socialistas.


[Imagem]

 

 

 

 

||| Diz que o senhor é socialista

por josé simões, em 27.06.15

 

Jeroen Dijsselbloem.jpg

 

 

O colaboracionista Jeroen Dijsselbloem «[...] afirmou-se hoje em Bruxelas "muito negativamente surpreendido" pelo anúncio do governo grego de organizar um referendo, considerando que se trata de "uma decisão muito lamentável", e há agora que discutir "futuras consequências". »


[Imagem de Geert Vanden Wijngaert/ Associated Press]

 

 

 

 

||| Rewind/ Fast Forward buttons

por josé simões, em 29.04.15

 

ko.jpg

 

 

Ou a morte política de Geórgios Papandréu e o eclipse do PASOK.


"It would cost money, it would create great political uncertainty, and I don’t think we have the time… And I don’t think the Greeks have the time for it."


[Imagem]

 

 

 

 

||| O guião

por josé simões, em 24.02.15

 

alexis-arnold-crystallized-books.jpg

 

 

Sábado, domingo, segunda-feira quase perto da meia-noite, 3 – três – 3 dias, a contar a partir da reunião do Eurogrupo da passada sexta-feira, levaram os gregos, sem experiência em trambiquices do "arco da governação", a despachar a coisa com "sentido de Estado". Um dia por cada ano que Paulo Portas anda a empatar, a mastigar, a engonhar a "reforma do Estado" que afinal é para fazer só/ é só para fazer na próxima legislatura, que é como quem diz não vai ser feita ou, se for, não será ele quem a fará. O CDS assume as suas responsabilidades não é como os irresponsáveis da extrema-esquerda, diz o líder do ex-partido do combatente-lavoura-pensionista-contribuinte-reformado-das-famílias e futuro partido da causa que estiver mais na onda, partido do consumidor, por exemplo, massacrado e castigado pelo Governo do PSD, tem no CDS uma bandeira.


[Imagem]

 

 

 

 

||| Europa, séc. XXI

por josé simões, em 24.02.15

 

Jeroen-Dijsselbloem-strengere-regels.jpg

 

 

«His statements are supporting to make any small problems to a major crisis, so to speak the opposite of making an elephant out of an ant.
Don't dieselboom the office, we need this place to work!


Did you see that crazy guy? He completely dieselboomed a whole country with two words!»


Urban Dictionary: «Referring to the Head of the EU's Eurozone Group, the finance minister of the Netherlands, Jeroen Dijsselbloem.»


[Imagem]

 

 

 

 

||| Busca, busca!

por josé simões, em 21.02.15

 

 

 

«A ministra das Finanças disse que não sugeriu alterações ao acordo do Eurogrupo com a Grécia», até porque Wolfgang Schäuble disse-lhe para não sugerir depois do «Portugal’s Finance Minister Maria Luís Albuquerque Schäuble had even asked personally to stand firm» no Eurogrupo ter vindo a público.

 

 

 

 

||| A Jangada de Pedra

por josé simões, em 20.02.15

 

Kevin Dowd.jpg

 

 

Vergonha de ser português.


[Imagem]

 

 

 

 

||| Pode ser mais fácil do que parece

por josé simões, em 13.02.15

 

Barbara Kruger.jpg

 

 

E se é uma questão de regras alguém algum dia vai ter de deixar um recado a Angela Merkel: as regras são feitas para regular o dia-a-dia e facilitar as relações, não para as atrapalhar ou complicar e, quando as regras não cumprem as funções para as quais foram criadas, é porque é chegado o momento de as alterar ou corrigir. Pode ser mais fácil do que parece se houver inteligência, não de uma mas das duas partes.


«Merkel deixa recado para Tsipras em Bruxelas: "Regras são regras"»


[Imagem]

 

 

 

 

||| Uma questão de inteligência

por josé simões, em 11.02.15

 

architects_of_the_future.gif

 

 

Em verdade, em verdade nunca disseram semelhante coisa nem de Vítor Gaspar, nem de Carlos Moedas que funciona, nem de Bruno Maçães que não sabe falar português nem raciocinar em inglês, nem de miss Maria Luís Swaps Albuquerque, nem do primeiro-pantomineiro, nem do vice-pantomineiro, nem de ninguém deste Governo, nem sequer de Cavaco Silva "o economista fantástico" há mais de 20 anos no poder sem ser político.


«"São competentes, inteligentes, e pensaram sobre os seus problemas", disse Christine Lagarde aos jornalistas em Bruxelas antes da reunião do Eurogrupo.»


[Imagem]

 

 

 

 

|| Nem que fosse o Rato Mickey o substituto

por josé simões, em 08.07.13

 

 

 

Já não sei se é a descontracção e o à-vontade com que as coisas são ditas por profissionais de teatro de fazer inveja ao Actors Studio, se a imprensa câmara de eco que as reproduz e amplifica, se a opinião pública amorfa que se limita a opinar o que convém à opinião privada.

 

«Maria Luís Albuquerque recebida de braços abertos no Eurogrupo»

 

 

 

 

 

 

 

|| "Eu não fui eleito coisíssima nenhuma!"

por josé simões, em 27.05.13

 

 

 

Como tal não tenho de dar contas aos portugueses daquilo que faço ou deixo de fazer no meu ministério:

 

«considerou que perguntas que vão no sentido de saber se o Governo já está a trabalhar nisso são de "uma enorme deselegância"»

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Um escroque PIP [Primus Inter Pares]

por josé simões, em 19.03.13

 

 

 

Depois de ter puxado o tapete ao ministro das Finanças da Irlanda, sem sequer pestanejar com o dinheiro dos contribuintes portugueses que supostamente deveria defender, aprova o esbulho às poupanças dos cidadãos cipriotas. Por menos se começaram guerras na Europa num passado não muito distante.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Rewind/ Fast Forward buttons

por josé simões, em 24.01.13

 

 

|| O Governo Instagram

por josé simões, em 22.01.13

 

 

 

«Portugal não vai pedir mais tempo nem mais dinheiro para aplicar o plano de ajustamento». Aplicar o filtro Inkwell das milhares de falências, dos 16, 3% de taxa de desemprego, e dos mais 85% de emigrantes, da queda abrupta da qualidade do Serviço Nacional de Saúde, do desmantelamento do Estado e da demissão da sua função social, da ascensão da caridadezinha. «O ministro das Finanças português solicitou ao Eurogrupo a extensão dos prazos de maturidade dos empréstimos a Portugal».

 

Celebremos então.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

|| "Sim meu Amo… Sim Mestre… Sim meu Amo…"

por josé simões, em 10.02.12

 

 

 

E no final da conversa, já não captado pela câmara, Vítor Gaspar sai sempre às arrecuas e a fazer sucessivas vénias, sem nunca olhar  Wolfgang Schauble nos olhos.

 

[Isto sou eu a inventar. Ou não…]