Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| A Primavera árabe chegou ao Outono sem sequer passar pelo Verão

por josé simões, em 10.09.11

 

 

 

"Allah Akbar, Allah Akbar, Allah Akbar". E se na Europa se atacassem embaixadas aos gritos de "Jesus é O Salvador! Jesus é O Salvador! Jesus é O Salvador!", a Esquerda idiota-útil inundava os blogues, o Facebook, o Twitter, e convocava uma manif para a avenida, não era?

 

[Imagem de Shadi Ghadirian]

 

 

 

 

 

 

|| Só pode surpreender a quem não leu [ou leu e fingiu que não percebeu] Naomi Klein em “No Logo, O Poder das Marcas”

por josé simões, em 04.07.11

 

 

 

|| Minaretes na Suíça

por josé simões, em 28.06.11

 

 

|| Idade Média

por josé simões, em 27.06.11

 

 

 

Toda a mulher que não seja virgem não está em “bom estado de conservação” para ser violada? Toda a mulher que tenha sexo forçado (sexo contra o seu consentimento) não é considerado como violação no caso de já não ser virgem? A palavra de uma mulher não-virgem não tem valor em caso de violação?

 

Não há Primavera nem revolução nem abertura nem Democracia que o valha. É uma questão de cultura. E (do peso da) religião.

 

«se efectuaron esos test para proteger al Ejército de posibles acusaciones de violación»

 

(Imagem de autor desconhecido)

 

 

 

 

 

|| Tweets from Tahrir

por josé simões, em 23.05.11

 

 

 

|| Minaretes na Suíça

por josé simões, em 21.02.11

 

 

 

 

«It has also been revealed that she was stripped, punched and slapped by the crowd, which was labelling her a spy and chanting 'Israeli' and 'Jew' as they beat her.»

 

 

 

 

|| Amanhã é outro dia

por josé simões, em 11.02.11

 

 

 

 

 

|| Outros 25 de Abril. "Aqui posto de comando do movimento..."

por josé simões, em 11.02.11

 

 

 

 

|| O sentimento sempre lá, sempre latente

por josé simões, em 04.02.11

 

 

 

 

 

Pena o Diário de Notícias não se ter esforçado um ‘cadinho mais e falado também em Mohammad Amin al-Husayni… Ou a solidariedade para com a “causa da pedrada” é impeditivo?

 

E quem diz o Diário de Notícias diz o Público, o Expresso, e/ ou as televisões. Ah a bendita simpatia do e para com o Bloco.

 

 

 

 

 

 

 

|| A minuta

por josé simões, em 03.02.11

 

 

 

 

 

«Os recentes acontecimentos (Preencher com o nome do país, região cidade, empresa, etc.) e a ampla mobilização popular que os caracteriza não são também separáveis da coragem, persistência e determinação de organizações representativas dos trabalhadores e de outras forças populares e progressistas (Preencher com o nome do partido, sindicato, comissão. organização unitária) que há muitos anos, (Introduzir o n.º de anos), e em condições muito difíceis, desenvolvem importantes processos de luta – nomeadamente importantes movimentos grevistas dos trabalhadores – e destacados esforços na reconstrução do movimento operário enfraquecido por sucessivos ciclos de repressão e perseguição política. (…)»

 

A minuta está disponível em todos os Centros de Trabalho, organizações “de base” e comissões “disto & daquilo”, para preencher assim as acções das forças do imperialismo, da burguesia e do grande capital financeiro o exijam, excepção para situações especificas em que é necessário rever e reescrever a História, nomeadamente situações relacionadas com a ex-União Soviética, os ex-países do Bloco de Leste e/ ou países governados por partidos irmãos/ amigos, ex: exemplo Cuba, China, Coreia do Norte Venezuela, etc., ou países governados por ditaduras, por mais retrógradas e reaccionárias que sejam, mas com um discurso suficientemente anti-amAricano, ex: Irão, o Hamas em Gaza ou o Hezbollah no Líbano, nestes casos específicos a minuta é outra, também disponível nos sítios do costume.

 

(Na imagem "União Soviética anos 60, reunião de milícia", autor desconhecido)

 

 

 

 

 

 

|| Isto vai. Devagarinho mas vai

por josé simões, em 02.02.11

 

 

 

 

 

Foram precisos 23 longos anos de atropelos para descobrirem que o camarada Ben Ali não obedecia aos requisitos, e mais 36, também longos anos (se contarmos com a vice-presidência) de não menos atropelos, para se darem conta de que Hosni Mubarack, camarada, «incumple los valores que defiende la socialdemocracia».

 

Já começou mais alguma revolta num país governado por um partido da Internacional Socialista?

 

Jus in case, a lista dos partidos membros.

 

(Imagem de Peter Kennard)

 

 

 

 

 

 

|| Voando sobre um ninho de cucos

por josé simões, em 02.02.11

 

 

 

 

 

 

|| Serviço Público

por josé simões, em 01.02.11

 

 

 

 

 

Mais de um milhão de pessoas nas ruas do Cairo e a RTP começa o telejornal com 47 portugueses que passaram a noite ao relento no aeroporto do Cairo à espera de repatriamento. O costume. Um furacão arrasa o México e a televisão pública começa o telejornal com 30 portugueses que ficaram com as férias estragadas. Coitadinhos.

 

Podia cair o Governo que a RTP começava o telejornal com uma reportagem sobre os buracos no pavimento em frente ao Parlamento e que a Câmara de Lisboa nunca mais manda calcetar.

 

(Imagem)

 

 

 

 

 

 

 

|| Há espaço neste debate para o Egipto e para os egípcios?

por josé simões, em 31.01.11

 

 

 

 

 

«É fundamental para a estabilidade e para a segurança da Europa (…) em termos políticos mas também em termos de segurança e estabilidade para a Europa (…) um debate coerente sobre toda a problemática que está em causa neste momento para a Europa, para o Ocidente, mas também para a estabilidade do sistema internacional (…)» A partir do minuto 03:36

 

Pois. A uropa, o Ocidnte e o Sistma Intrnacional.

 

Nós [Ocidente] temos dois problemas graves: o primeiro é sermos burros, o segundo é não querermos aprender.

 

(Imagem)

 

 

 

 

 

 

|| Tempos que correm

por josé simões, em 31.01.11

 

 

 

 

 

(Imagem)