Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| O estado da Nação

por josé simões, em 04.06.12

 

 

 

A gente vê na televisão o presidente dos Estados Unidos da América, seja ele qual for, seja ele de que partido seja, entrar numa sala e toda a gente largar o que está a fazer e levantar-se da cadeira em sinal de respeito. A gente vê o Presidente da República Portuguesa, seja ele qual for, entrar na assembleia de voto no dia das eleições e ninguém, nem sequer o presidente da mesa, levanta o rabinho da cadeira. Vá lá um aperto de mão, que o bacalhau está caro. A gente vê o Cristiano Rónáldo [com dois acentos como na televisão] oferecer uma camisola da selecção ao Presidente Cavaco Silva e dizer “esperamos que você”.

 

By the way, as tropas partem, com a bandeira nacional cosida no ombro do camuflado, numa missão de paz da ONU e têm o ministro da Defesa no aeroporto, o futebol vai em tournée para a Polónia e é recebido pelo Presidente no Palácio de Belém. Que parolice.

 

[Na imagem fotograma de The Big Lebowski]

 

 

 

 

 

 

|| Jesus Cristo também já foi superstar. No cinema e tudo

por josé simões, em 04.11.11

 

 

 

É bonito, rico, bom futebolista e, invariavelmente, entre umas coçadelas no occipital e no parietal com o indicador ou no sobrolho com o pai-de-todos, quando abre a boca é para sair asneira:

 

"Deus não agradou a toda a gente. E eu vou agradar? Longe disso"

 

Deus e Jesus, Jesus e Deus. Acontece a muito boa gente. A religiosidade popular nas camadas menos instruídas nos meios rurais e nos bairros mais antigos das urbes. Com mais ou menos cumplicidade silenciosa da Igreja Católica.

 

 

 

 

 

 

|| O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 15.09.11

 

 

|| O menino da mãe

por josé simões, em 04.12.10

 

 

 

 

 

Ganha qualquer coisa como 40 mil euros por dia, sem contar com os direitos de imagem e os contratos publicitários e o diabo a sete. E o dinheiro é dele e faz com ele o que muito bem entender. Podia, ele e o jornalista (?) que compôs o centro de mesa, por uma questão de respeito, por nós e pela instituição, poupar-nos a uma ida ao circo de Natal dos leilões caritativos.

 

Este ano vai dormir a noite da Consoada de consciência tranquila pelas preocupações sociais demonstradas, na paz dos anjos, e na companhia de uma qualquer galáctica capa de revista que só senta o seu pornográfico rabinho em estofo de pele de Bugatti Veyron ou de  Rolls-Royce Phantom Coupe.

 

 

 

 

 

 

|| Fail

por josé simões, em 05.07.10

 

 

 

Como todo o menino mimado que se tem em grande conta e que pensa que o mundo gira à volta dele e que quando o Sol nasce pela manhã é para o iluminar e que o dinheiro compra tudo desde que isso lhe dê prazer, fez na vida real o que faz na selecção: andar sozinho aos papéis. Com uma diferença: ele vai e a selecção fica, ele vai e a criança fica.

 

(Imagem do filme de Stanley Kubrick “Shining”)

 

 

 

 

|| Como diz o “outro”: “Há muita fraca memória…”

por josé simões, em 09.11.09

 

 

 

Ainda sou do tempo em que Carlos Queiroz em Manchester criticava as convocatórias de Ronaldo por Scolari por aparentemente colocarem em causa a integridade física e o “crescimento” do jogador enquanto tal.

 

 

 

|| Editoriais absolutamente estúpidos

por josé simões, em 08.07.09

 

 

 

Quer-me parecer que o “i” meteu o pé na poça até à altura do pescoço. Quer-me parecer.

 

O pulsar do Twitter em formato print editon, ou o jornalismo como “grande educador” das massas. Qual delas a melhor.

 

«Não é possível deixá-los passar. Não passarão.»

 

Eu diria mais: ¡Adelante compañeros!

 

 

 

DVD’s

por josé simões, em 25.01.09

 

Esta semana recebi um e-mail de Londres: “Queres que te guarde o DVD da entrevista Frost/Nixon que vai sair amanhã no Independent?”. Guarda; respondi. Há bocado enviei de volta um e-mail: “Queres que te guarde o DVD Planeta Ronaldo que saiu ontem no Expresso?”. Vou ser insultado.

 

Para os interessados, já está à venda no eBay. O Frost/Nixon.

 

 

Perdidos & Achados

por josé simões, em 24.01.09

 

Entrego a quem provar pertencer-lhe, o DVD Planeta Ronaldo (na imagem) que vinha por engano no saco do Expresso comprado esta manhã na papelaria da Dona Virgínia em Setúbal.

 

Um aparte: não sei se tem alguma coisa a ver – e sinceramente, também não quero saber – nunca consegui ler mais que o título da posta que Ricardo Costa assina todas as semanas na página 36.

 

Telejornal das 20 horas na RTP1

por josé simões, em 12.01.09

 

Primeiros 15 minutos, Cristiano Ronaldo e a família do Cristiano Ronaldo e o empresário do Cristiano Ronaldo e o Carlos Queiroz que já treinou o Cristiano Ronaldo e outra vez a família do Cristiano Ronaldo e a transmissão a partir da Suiça que não estava nas melhores condições. Passámos à vaga de frio e já ia a caminho de mais 10 minutos com a neve e o gelo e as populações que ficam isoladas mas que teimam em dizer que é tudo normal, “no passa nada”, para frustração dos repórteres, mas houve que fazer uma interrupção para entrevistar o… Cristiano Ronaldo. Voltámos à neve e ao gelo e já vai com meia hora de telejornal. E por falar em portugueses que são Números Uns no planeta Terra parece que o Obama vai ficar com um Cão de Água português como mascote e arranja-se já aqui um português criador de Cães de Água portugueses para enaltecer as virtudes do Cão de Água português. Depois vem o Benfica que ganhou com um golo em fora-de-jogo mas antes tinha havido “um curto intervalo” para compromissos publicitários. Depois do Benfica e do Quique Flores e do Jorge Jesus que nunca nos dias da vida dele enquanto treinador foi alguma vez beneficiado pelas arbitragens, encerramos o telejornal com o… Cristiano Ronaldo.

 

Mais daqui a nada vai haver um Prós & Contras sobre o… Cristiano Ronaldo, mas antes a Judite de Sousa assim que terminou o telejornal começou logo a conversar com o António Vitorino, mas ignoro se foi sobre o Cristiano Ronaldo porque comecei a fazer um zapping e encontrei na SIC o Mário Crespo a entrevistar o Bwana Alberto João e a minha filha disse logo: “deixa ficar aí que é para a gente se rir!”.

 

 

Simply the Best!

por josé simões, em 20.03.08
Cristiano Ronaldo, o goleador “El Matador”. Literalmente.
 
 
Só que para variar, lá vieram as organizações de defesa dos animais, e foi necessário esclarecer o “truque”.
 
 
Com touro ou sem touro; El Matador. Simply the Best; porque o Best própriamente dito, esse já era.
  

Agarra-me se puderes!

por josé simões, em 12.06.07

 Lembram-se daquele filme em que Leonardo Di Caprio vestia a pele de um dos maiores vigaristas da história dos Estados Unidos da América? O rapaz queria à viva força, custasse o que custasse, ser piloto aviador; o resto foi o que se viu, no filme e na vida real.

Aqui há umas semanas atrás começou a aparecer aí pelas televisões e outdoors uma campanha manhosa dos supermercados Modelo, protagonizada por Cristiano Ronaldo na pele de piloto-aviador, com farda e tudo. Desde que vi o primeiro spot publicitário na tv, não me perguntem porquê, sempre o associei à personagem interpretada por Di Caprio. Não “o nossoRonaldo, que fique bem claro, mas a campanha publicitária Hoje cheguei à conclusão que esta minha associação involuntária de ideias / imagens, tinha razão de ser. Antes de tempo, mas ainda assim tinha.

Pela imprensa ficámos a saber que o belo do Comandante Ronaldo deixou 400 jovens da Escola Profissional do Funchal pendurados à sua espera, (e não apareceu), durante mais de três horas. Isto depois de se ter comprometido com a direcção da dita escola, e que a troco da presença do craque, se comprometeu a pagar o catering para um desfile de moda organizado pela Comandanta Ronalda, irmã do dito cujo.

Como é que era mesmo o nome do filme, Agarra-me Se Puderes?