Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Mais um prego no caixão

por josé simões, em 03.11.16

 

Mr. Babies.jpg

 

 

Mais um prego no caixão chamado União Europeia.


um livro sobre o Presidente francês, François Hollande, que revela a existência de um "pacto" entre a Comissão Europeia e as autoridades francesas, que permitiu a França escapar a sanções por défice excessivo nos últimos anos, através de uma "maquilhagem" das contas públicas divulgadas


[Imagem]

 

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 23.09.16

 

Thomas Michael Alleman.jpg

 

 

Durão Barroso, o português cuja nacionalidade não foi impedimento para chegar a presidente da Comissão Europeia, acusa a Comissão Europeia de discriminação por ser ele, um português, a "assinar" pela Goldamn Sachs.


[Imagem de Thomas Michael Alleman]

 

 

 

 

O inimigo do povo

por josé simões, em 14.09.16

 

Li Zhensheng – Contact Press Images 12.set.1966.

 

 

Curioso, ou nem por isso, ver um maoista passar-se para o outro lado, para o lado da Goldman Sachs que lucrou milhões – custou milhões aos contribuintes europeus durante a maior crise financeira de que há memória desde a Grande Depressão; para a Goldman Sachs que maquilhou as contas públicas gregas – custou milhões aos contribuintes gregos e aos contribuintes europeus, passar-se para o lado dos inimigos do povo, sem o reconhecer – a mui famosa auto-crítica, um dos pilares do maoismo, antes pelo contrário, vitimizando-se qual Calimero. Para ele reeducação pelo trabalho – outro dos pilares do maoismo.


[Na imagem Li Fanwu, governador de Heilogjiang, com o cabelo cortado por membros da Guarda Vermelha numa praça de Harbin, após ser acusado de se tentar parecer a Mao. Li Zhensheng, Contact Press Images, 12 de Setembro de 1966]

 

 

 

 

Palhaçada

por josé simões, em 12.09.16

 

face wall.jpg

 

 

Como se a questão não fosse o privilégio que Durão Barroso teve em ser presidente da Comissão Europeia; como se a questão não fosse o conhecimento privilegiado adquirido por Durão Barroso enquanto presidente da Comissão Europeia; como se a questão não fosse a agenda de contactos metodicamente preenchida por Durão Barroso presidente da Comissão Europeia.


Durão Barroso vai tornar-se no primeiro ex-presidente da Comissão Europeia a ver retirados os chamados "privilégios de passadeira vermelha" por Bruxelas, na sequência do cargo que ocupa na Goldman Sachs [...]


[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Guardar

Há muita fraca memória na política e nos políticos

por josé simões, em 28.07.16

 

Jiminy Cricket.jpg

 

 

Carlos Moedas, herói nacional, de parabéns pelo árduo trabalho na Comissão Europeia em defesa do seu legado de quatro anos como "grilo falante" da troika. A medalhar por Marcelo Rebelo de Sousa. Como diz o outro, "há muita fraca memória na política e nos políticos...".

 

 

 

 

Guardar

Rewind/ Fast Forward buttons

por josé simões, em 27.07.16

 

rocket.jpg

 

 

O líder do PSD [Pedro Passos Coelho] mostrou-se "genericamente" a favor da ideia defendida pelo Partido Popular Europeu sobre aplicação de sanções aos países que falhem os objectivos de estabilidade e crescimento.


[Imagem]

 

 

 

 

Guardar

Guardar

O traste já foi demitido?

por josé simões, em 27.07.16

 

 

 

Uma vez que andou a rezar a Jesus Cristo, a Nossa Senhora, a todos os santinhos, e ao duende da poncha, para que as sanções caíssem em cima de Portugal com toda a força da ira divina;


uma vez que a sua sobrevivência política depende da desgraça de Portugal e dos portugueses e que, entre a desgraça do país, a miséria dos seus concidadãos e a sua sobrevivência não hesita na escolha, como não hesitou em 2011 ao empurrar Portugal para os braços da troika para se alçar ao poder e se lambuzar no "pote";


uma vez que o traste, pela ausência de coluna vertebral, não se demite, nem sequer faz acto de contrição, há ainda algum vertebrado no partido que outrora se reclamou da social-democracia e que, com responsabilidade e movido pelo sentido de Estado, o empurre de vez borda fora?


Comissão Europeia decidiu cancelar as multas a Portugal e Espanha

 

 

 

 

Guardar

Circus Maximus

por josé simões, em 04.07.16

 

poster-circo-favuloso.jpg

 

 

Bruxelas quer aplicar sanções a Portugal em 2016 por Governo ter aplicado a política de Bruxelas em 2015 e para prevenir que os objectivos que Bruxelas exige cumpridos por Portugal em 2016 sejam atingidos pela implementação de políticas contrárias ao cânone seguido por Bruxelas.


Até ao final de Julho governo tem de mostrar medidas para controlar défice de 2016 para evitar castigo por causa de 2015


[Imagem]

 

 

 

 

Guardar

Um patife

por josé simões, em 02.07.16

 

mickey scott scheidly.png

 

 

Se houver sanções ficar-se-ão a dever exclusivamente à inabilidade e incompetência do actual primeiro-ministro e do Governo.


E o que tem a dizer Carlos Moedas, comissário europeu na Comissão Europeia que quer aplicar sanções a Portugal, por o Governo de Carlos Moedas, secretário de Estado, ter ultrapassado em uma décima [3, 1%] a meta do défice estabelecida para 2015?


[Imagem de Scott Scheidly]

 

 

 

 

E andamos nisto

por josé simões, em 14.06.16

 

lapide.png

 

 

O ministro das Finanças holandês, presidente de uma coisa que não existe nos tratados europeus, nem nas letras miudinhas que estão nos rodapés das folhas para enganar incautos, avisa, com autoridade, uma Comissão Europeia que só existe porque a quem obecece e responde a coisa que não existe, nem nas letras miudinhas, assim o quis. R. I. P. Europa.


[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

O último a sair que apague a luz

por josé simões, em 03.06.16

 

Daniel Joseph Martinez, I Open My Eyes To the Sun

 

 

Dieselboom, presidente de uma instituição que legalmente, oficialmente, o que quiserem, não existe na União Europeia – o Eurogrupo, avisa o presidente da União Europeia, uma instituição que serve para fazer o que o Eurogrupo quer e que decidiu que deve ser feito, para ter mais atenção à sua credibilidade.


[Imagem]

 

 

 

 

O estado da esquerda

por josé simões, em 24.05.16

 

schroeder.jpg

 

 

O "socialista" Dieselboom diz que "há motivos sérios para considerar sanções" ao Portugal da socialista 'Geringonça' por causa da meta do défice não atingida pelo Governo da direita radical – PSD/ CDS. E é assim desde Gerhard Schröder, que a esquerda não se dá ao respeito e segue a agenda da direita radical.

 

 

 

 

||| Dito assim até parece

por josé simões, em 13.05.16

 

zoe grace.png

 

 

Não digo o patriotismo que podiam interpretar como uma indirecta para a máxima de Samuel Johnson e corria o risco de levar com um processo em cima, mas o sentido de Estado do ex-primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, e da ex-ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, palpita-me que ainda vamos ficar a saber que também o ex-vice-primeiro-ministro Paulo Portas afinou pelo mesmo diapasão, preocupados com a execução orçamental do Governo 'Geringonço', com os sacrifícios dos portugueses e com a imagem de Portugal nos mercados [a ordem é arbitrária]. "Se descontarmos uma medida que não foi tomada por nós [o Banif] tivemos um défice de 3%". Se descontarmos que 10 dos 12 meses do ano foram da sua [deles] responsabilidade; se descontarmos quem é que escondeu o Banif debaixo do tapete do Banco de Portugal para maquilhar as contas e não estragar a narrativa da saída limpa e do relógio de Aljubarrota em marcha à ré no Largo do Caldas; se descontarmos quem é que depois se escondeu atrás do biombo do Governador do Banco de Portugal, como já se tinha escondido com o BES;  se descontarmos isto tudo e ainda se descontarmos a comunicação social câmara de eco que vai repetir, subserviente, a lengalenga ad nauseam; se descontarmos os paineleiros-comentadeiros do pensamento único dominante, nas televisões a tecerem loas e a cantarem hossanas à atitude responsável e desprovida de calculismos eleitorais; se descontarmos até merece um elogio o voluntarismo e uma medalha no 10 de Junho e o nome numa praça ou numa avenida quando a história os julgar.


[Imagem]

 

 

 

 

||| O coração das trevas

por josé simões, em 03.05.16

 

 

 

Ou a Europa do Partido Popular Europeu.


"Gestor do Estado no Banif diz que Bruxelas se tornou mais exigente com o PS no Governo"

 

 

 

 

||| O piadista

por josé simões, em 10.03.16

 

 

 

Todos os grupos têm um piadista - ou um barraqueiro, como dantes se dizia. Em Bruxelas é Pierre Moscovici, que até rima com socialista.


"Não daremos lições nem interferiremos indevidamente nas decisões políticas nacionais, mas iremos aconselhando e, se necessário, procuraremos convencer"


Moscovici não disse aquilo que disse e que nós ouvimos dizer, estava só a fazer piadas para matar o tempo.