Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Regresso às aulas

por josé simões, em 17.09.21

 

stone backpack by Jana Sternback.jpg

 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

In Memoriam

por josé simões, em 16.09.21

 

Clive Sinclair.jpg

 

 

Clive Sinclair

 

1940 - 2021

 

 

 

 

René Magritte

por josé simões, em 16.09.21

 

Ariel Schalit.jpeg

 

 

An Ultra-Orthodox Jewish man of the Kiryat Sanz Hassidic sect prays on a hill overlooking the Mediterranean Sea as they participate in a Tashlich ceremony, in Netanya, Israel, Tuesday, Sept. 14, 2021. Tashlich, which means "to cast away" in Hebrew, is the practice in which Jews go to a large flowing body of water and symbolically "throw away" their sins by throwing a piece of bread, or similar food, into the water before the Jewish holiday of Yom Kippur, which starts at sundown on Wednesday.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Tão simples quanto isto

por josé simões, em 16.09.21

 

TC.jpg

 

 

O voto vencido de Mariana Canotilho.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Do prestígio

por josé simões, em 15.09.21

 

Whitley Bay, 1978 Markéta Luskačová.jpg

 

 

Por exemplo, já um professor passar décadas com a casa às costas, todos os anos a saltitar de cidade em cidade ou de vila em vila, sem receber qualquer subsídio de habitação como os meritíssimoo juízes, é bastante prestigioso para a classe e para a educação no país, para não falar na estabilidade emocional e profissional e tudo o que vem por arresto, como, também por exemplo, a constituição de família.

Outra coisa bastante prestigiante, e que gera confiança na população, é um tribunal legalizar um partido pejado de fascistas com assinaturas falsas.

Desprestígio é numa democracia europeia do século XXI um tribunal ser alocado onde o povo, por interposta pessoa o poder político por si eleito, achar que ele deve estar.

 

Tribunal Constitucional opõe-se a deslocação "desprestigiante" para fora de Lisboa

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Resist

por josé simões, em 15.09.21

 

Reuters-Krit Phromsakla Na Sakolnakorn.jpg

 

 

Fireworks thrown by anti-government protesters explode in front of a line of riot police officers during an anti-government protest in Bangkok, Thailand.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Impressões Digitais *

por josé simões, em 14.09.21

 

ventas.jpg

 

 

chicao.jpg

 

 

               "Sinto-te uma fotocópia, prefiro o original
               Edição revista e aumentada, cordão umbilical
               Exclusivo a morder a página em papel jornal"

 

               * Impressões Digitais

 

[Link nas imagens]

 

 

 

 

Falar pelos cotovelos

por josé simões, em 14.09.21

 

AOC.jpg

 

 

JILL BIDEN.jpeg

 

 

MELANIA TRUMP.jpeg

 

 

[Link nas imagens]

 

 

 

 

Agora com um desenho

por josé simões, em 14.09.21

 

insonias.jpg

 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

"You talkin' to me?"

por josé simões, em 13.09.21

 

reuters.jpg

 

 

You talkin' to me? You talkin' to me? You talkin' to me? Then who the hell else are you talkin' to? You talkin' to me? Well I'm the only one here. Who the fuck do you think you're talking to?

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

É a raça deles

por josé simões, em 13.09.21

 

CGP.jpg

 

 

Equivaler um protesto ordeiro de uma associação identificada e legalizada com uma acção de ódio, difamação e insulto gratuito contra a segunda figura do Estado e mulher, por um bando misto de alucinados fugidos de um hospício, negacionistas, e elementos com ligações à extrema-direita e a grupelhos neo-nazis. É a raça deles, nunca falham na legitimação do ódio e da extrema-direita.

 

[Link na imagem print screen de tweet da conta de Carlos Guimarães Pinto, ex-presidente do Ilusão Liberal]

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 12.09.21

 

Pat Cashin.jpg

 

 

João Cotrim de Figueiredo, líder do Ilusão Liberal, o partido da taxa única de IRS:

 

OE2022: IL acusa Costa de “aproveitamento eleitoral” devido a alterações no IRS

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Sign O' The Times, CXCIV

por josé simões, em 12.09.21

 

1.jpg

 

 

2.jpg

 

 

3.jpg

 

 

4.jpg

 

 

5.jpg

 

 

6.jpg

 

 

7.jpg

 

 

8.jpg

 

 

9.jpg

 

 

10.jpg

 

 

11.jpg

 

 

12.jpg

 

 

13.jpg

 

 

14.jpg

 

 

15.jpg

 

 

16.jpg

 

 

17.jpg

 

 

18.jpg

 

 

19.jpg

 

 

20.jpg

 

 

21.jpg

 

 

22.jpg

 

 

23.jpg

 

 

24.jpg

 

 

25.jpg

 

 

26.jpg

 

 

27.jpg

 

 

28.jpg

 

 

29.jpg

 

 

30.jpg

 

 

31.jpg

 

 

32.jpg

 

 

33.jpg

 

 

34.jpg

 

 

35.jpg

 

 

36.jpg

 

 

37.jpg

 

 

38.jpg

 

 

39.jpg

 

 

40.jpg

 

 

41.jpg

 

 

42.jpg

 

 

43.jpg

 

 

44.jpg

 

 

45.jpg

 

 

46.jpg

 

 

47.jpg

 

 

48.jpg

 

 

49.jpg

 

 

50.jpg

 

 

51.jpg

 

 

52.jpg

 

 

53.jpg

 

 

54.jpg

 

 

55.jpg

 

 

56.jpg

 

 

57.jpg

 

 

58.jpg

 

 

59.jpg

 

 

60.jpg

 

 

61.jpg

 

 

62.jpg

 

 

63.jpg

 

 

64.jpg

 

 

65.jpg

 

 

66.jpg

 

 

67.jpg

 

 

68.jpg

 

 

69.jpg

 

 

70.jpg

 

 

71.jpg

 

 

72.jpg

 

 

73.jpg

 

 

74.jpg

 

 

75.jpg

 

 

76.jpg

 

 

77.jpg

 

 

78.jpg

 

 

79.jpg

 

 

80.jpg

 

 

81.jpg

 

 

82.jpg

 

 

83.jpg

 

 

84.jpg

 

 

85.jpg

 

 

Sign O' The Times, Capítulo CXCIII

 

 

 

 

Fim-de-semana

por josé simões, em 12.09.21

 

Prodigy ‎– Breathe.jpg

 

 

Este fim-de-semana foi assim.

 

Breathe ~ Prodigy

 

[7" vinyl]

 

 

 

 

A "tradição"

por josé simões, em 12.09.21

 

morto.jpg

 

 

Se pela morte de alguém aparecer outrem "o gajo era isto e era aquilo, o gajo era do piorio, que a terra lhe seja pesada e coise" toda a gente se revolta porque a tradição em Portugal é não "dizer mal do morto", sendo que o "dizer mal" vale para todos os defeitos, erros, aspectos negativos que o definiram enquanto ser vivo. Já se pela morte de alguém aparecer outrem a falar de si próprio para mostrar como o falecido era uma excelente pessoa, ninguém se indigna. Diz que é uma elegia fúnebre. Os umbigos vestidos de preto a falarem de si próprios muito piedosos e pesarosos pelo falecido.

 

[Imagem de autor desconhecido]