Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 18.08.19

 

hitler mickey (1).jpg

 

 

Apesar do Artigo 46.º - (Liberdade de associação), n-º 4 da Constituição da República Portuguesa: "Não são consentidas associações armadas nem de tipo militar, militarizadas ou paramilitares, nem organizações racistas ou que perfilhem a ideologia fascista."; apesar dos presentes e participantes serem declaradamente nazi-fascistas, e nem se preocuparem sequer em o esconder; apesar do organizador da reunião ser o único português condenado em tribunal a cumprir prisão efectiva por crime de ódio em quarenta e cinco anos de democracia; apesar de todos estes apesares António Barreto consegue ver uma ameaça à democracia e à liberdade de expressão daqueles cujo fim primeiro e acabar com a democracia e a liberdade de expressão porque o PS está a perder a veia liberal e tolerante acossado pelos parceiros 'geringonços' radicais, Bloco e PCP .

 

Reunir em Portugal movimentos e partidos políticos de direita ou de extrema-direita, provavelmente de conotação fascista, eventualmente de crenças racistas, pode ser actividade de risco e incorrer em intimidação, agressão pura e proibição legal

 

 

 

 

Fim-de-semana

por josé simões, em 18.08.19

 

Cool For Cats - Squeeze.jpg

 

 

Este fim-de-semana foi assim.

 

Cool For Cats ~ Squeeze

 

[7" vinyl]

 

 

 

 

In Memoriam

por josé simões, em 17.08.19

 

peter fonda -.jpg

 

 

Agora é a sério, morreu o gajo que morria em todos os filmes.

 

Peter Fonda

 

1940 - 2019

 

 

 

 

Relatório e Contas. Resumo da Semana

por josé simões, em 17.08.19

 

Dan Garson-Genesis Publications.jpg

 

 

[Woodstock: previously unseen image]

 

 

 

 

Porque hoje é sábado

por josé simões, em 17.08.19

 

At Segregated Drinking Fountain, Mobile, Alabama, 1956 Gordon Parks.jpeg

 

 

At Segregated Drinking Fountain, Mobile, Alabama, 1956

 

Gordon Parks

 

 

 

 

A chico-espertice dos escudeiros da direita radical

por josé simões, em 16.08.19

 

pauloferreira1 twitter.jpg

 

 

Paulo Ferreira, Prémio Pinóquio do Ano de 2018, lídimo escudeiro da direita radical e competentíssimo no cumprimento da agenda política e ideológica nos media, aparece no Twitter a desculpar o hotel SANA por ter dado asilo à reunião de saudosos do nazi-fascismo, e contra o "pelourinho" onde foi colocado pelas "redes sociais" [sempre boas para os escudeiros da direita radical passarem o spin, depois repetido e amplificado ad nauseam pelos aios de plantão] sem explicar como é que, ou porque é que, a Sábado destacou jornalistas para fazer a cobertura de evento organizado por cidadã anónima, já que só a posteriori se soube ser o nome da mãe de Mário Machado.

 

Há no entanto um upgrade nesta aparição do Prémio Pinóquio do Ano de 2018 no Twitter: não enveredou pelo whataboutism do "também já lá ouve uma conferência de uma organização de esquerda e a esquerda e o comunismo e o Estaline e o Pol Pot [Mao fica sempre fora da equação, se calhar porque os ex maoistas são os actuais... vocês sabem], e que é o caminho invariavelmente trilhado pela direita radical para desculpar e absolver a extrema-direita que se atreve a dizer em público e em voz alta o que eles só se atrevem a pensar em privado.

 

 

 

 

Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 15.08.19

 

Süddeutsche Zeitung Magazin.jpeg

 

 

               A capa da Süddeutsche Zeitung Magazin

 

 

 

 

Portugal a arder, coincidências e copycats

por josé simões, em 15.08.19

 

Caroline Goessling.jpg

 

 

Por uma daquelas estranhas coincidências da vida o início do Verão coincidiu exactamente com o início da greve dos motoristas de transporte de matérias perigosas e, os incêndios que, em tempo fresco, estavam a todas as horas certas nos canais de notícias no cabo e a fazerem meia hora de abertura de telejornal nos canais em canal aberto, com repórteres de imagem em directo dos sítios mais recônditos do país onde nem o carro do Google Maps vai, pura e simplesmente desapareceram, Portugal deixou de estar a arder pela primeira vez nos últimos 20 anos, no mínimo.

 

Ou as televisões redireccionaram o histerismo mediático e com isso minimizaram o efeito copycat na floresta na exacta proporção em que o combustível desaparecia nas bombas de norte a sul do país?

 

[Imagem]

 

 

 

 

Freedom, Sometimes I feel like a motherless child

por josé simões, em 15.08.19

 

cartaz (1).jpg

 

 

woodstock.jpg

 

 

August 15–17, 1969, Bethel, New York, U.S.

 

[Título]

 

 

 

 

Fazer pela vidinha

por josé simões, em 15.08.19

 

 

 

 

 

Isto está tudo ligado

por josé simões, em 14.08.19

 

crucifix_01.jpg

 

 

Perante o olhar embasbacado do "pai da criança", Ângelo Correia, no telejornal do Mário Crespo, "desconheço, para mim é novidade absoluta", noticiava o Expresso que "Passos joga tudo: crucifixo no bolso, Nossa Senhora e "muita fé nas pessoas". Só faltou o bispo".

O mesmo Passos Coelho que havia de patrocinar a candidatura do neofascista Ventura à Câmara de Loures, uma experiência trumpista caseira num subúrbio da capital para tomar o pulso ao eleitorado, e que teve a direita liberal, do "aliviar o peso do Estado na economia", toda em sua defesa nas "redes sociais".

O neofascista André Ventura que escreve hoje no pasquim i que Salvini é uma "lufada de ar fresco para a Europa" que espera que "corra com esta corja de mariquinhas da União Europeia".

Matteo Salvini que de crucifixo na mão agradece à bem-aventurada Virgem Maria a aprovação pelo Senado de lei que coloca mais obstáculos às ONG que resgatam os refugiados no Mediterrâneo, identificando-as como cúmplices dos traficantes de seres humanos, agravando as sentenças de prisão e multas de até um milhão de euros.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Foi uma alegria

por josé simões, em 14.08.19

 

setubalense.jpg

 

 

E depois, quando este circo acabar, podemos falar de toda a contratação colectiva assente no baixo salário base compensado por horas a 50 e 75%, horas retiradas ao descanso pagas, descansos efectivos e complementares [dias de folga] pagos,  refeições deslocadas, fora da base e à factura, diuturnidades e ajudas de custo, que foi negociada por sindicatos afectos à CGTP, no tempo em que os sindicatos tinham poder negocial e a Intersindical assinava contratos  verticais, e da verticalidade sindical que, do princípio "a união faz a força", meteu no mesmo saco coisas diversas e diferentes, uma das razões para o nascimento dos novos sindicatos sectoriais e não alinhados?

Talvez depois haja muita coisa que fique mais nítida.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

A irrelevância de Santana Lopes

por josé simões, em 13.08.19

 

 

 

Nestes 43 - quarenta e três - 43 anos de requisições civis há notícia de Santana Lopes ter "andado por aí" na porta de alguma fábrica, empresa, hospital, aeroporto, num qualquer local de trabalho, a cavalgar uma luta ou uma reivindicação a defender o fim da economia dos baixos salários enquanto acusa o Governo em funções de não ter feito aquilo que o Governo fez até ao limite do tolerável, sentar-se à mesa com as partes e viabilizar um acordo entre sindicatos e empresas privadas?

 

Faltam 45 dias para as eleições e "as sondagens valem o que valem", como gostam de repetir.

 

 

 

 

Uma conta paródia no Twitter

por josé simões, em 13.08.19

 

ruiriotwitter.jpg

 

 

Uma conta paródia no Twitter, com aquele "picolete" de conta certificada e tudo, a decretar que quem decreta o fim das greves são os governos e não os sindicatos que as convocam.

 

Rui Rio, o líder paródia do PSD, no Twitter.

 

 

 

 

Ainda goza com o pagode

por josé simões, em 12.08.19

 

Pardal Henriques trotineta.jpg

 

 

[Imagem]