Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

A doença dos pobres

por josé simões, em 23.02.07

 

Uma Velha, tinha, Tinha

Na cabeça, tinha; Tinha

Quanto mais coçava a Tinha

Mais a Velha, tinha, Tinha...

 

Lengalenga popular que se cantava às crianças em idade de aprender a falar e, imortalizada em disco nos anos 80 por uma banda de musica popular portuguesa de Setúbal, os Disto & Daquilo.

 

O Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto, em parceria com o médico Teixeira Gomes de um centro de saúde também do Porto, desenvolveu uma investigação recorrendo a registos, encontrados pelo médico, de antigos pacientes que, entre os anos 50 e 60 do século passado tinham sido submetidos a um tratamento da tinha do couro cabeludo, baseado em radiações à cabeça.

 

Efectuada que foi uma investigação, para descobrir onde e, como estão hoje essas pessoas (a maior parte encontrada recorrendo à lista telefónica), confirmou-se a relação entre o tratamento usado – raios X – e as patologias que os pacientes vieram a sofrer; tumores da tiróide, pele e cabeça.