Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

«Verdades até então ocultas»

por josé simões, em 30.01.09

 

Naquele célebre e histórico dia em que Pacheco Pereira foi director do Público, a propósito da trapalhada do Casino Lisboa com Telmo Correia, obrigou os meninos na Redacção a fazer, e passo a transcrever:

 

«(…) uma cronologia relacional, exaustiva de todo o processo. Reunir todos os documentos, todas as datas, todas as declarações, todas as notícias dos jornais, e com isso desenhar um gráfico, um mapa. Depois procurar as falhas, os espaços em branco, os dados contraditórios. No fim, extrair conclusões. Verdades até então ocultas: notícias. É um método da ciência histórica»

 

O que se tem verificado com os recentes acontecimentos, é que os meninos à roda da Redacção esqueceram rapidamente os ensinamentos; o prof. Pacheco Pereira à roda do Abrupto ignora ostensivamente o que tentou ensinar com tanto esmero.

 

Como já aqui escrevi, faça-se a investigação a partir desta base de trabalho: qual a razão para que num distrito com uma área de 5064 km² (8º maior distrito português), se escolhe um concelho com 128 km² de área, para construir um centro comercial, e precisamente numa ZPE?

 

(Na imagem o distrito de Setúbal; o Freeport fica lá em cima, sensivelmente a pé das letras OC de Alcochete)