Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Das palavras do Presidente

por josé simões, em 25.04.08

 

(Devido a merecido dia de praia, só agora cheguei ao discurso de Cavaco Silva)
 
De cada vez que o Presidente abre a boca, há um grupo, misto de especialistas em ciências ocultas / decifradores de hieróglifos, que se entretém a interpretar o que é que o Presidente quis realmente dizer. Hoje, e para meu espanto, quedaram-se mais mudos que o “homem da boca cerrada”. Apesar de não ser formado nestas coisas do paranormal, nem ter nenhum bacharelato em coisas do Antigo Egipto, permitam-me que me junte ao “sindicato dos decifradores ”, e dê a minha modesta contribuição interpretativa dos dizeres presidenciais: Estaria Sua Excelência a referir-se aos seus ministros da Educação dos tempos do “deixem-me trabalhar!”, que erradicaram quase por completo a Revolução dos Cravos dos currículos, e, particularmente, à novel salvadora da pátria laranja, sua discípula dilecta, e agora na pol position para o lugar de Menezes?