Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

O Custo Zero

por josé simões, em 05.01.07
Até há bem pouco tempo atrás, em futebolês, “custo zero” significava que, quando alguém adquiria um bem, nomeadamente um jogador, não pagava absolutamente nada por ele. Zero, nicles!
 
Esta concepção de “custo zero” mudou significativamente a partir do ano da graça de 2000.
 
“Custo zero” passou a significar não pagar absolutamente nada ao clube onde o jogador anteriormente jogava. Principalmente se for o clube do “outro lado a estrada”. Mesmo que implique despender 4, 19 milhões de euros pelo jogador.
 
Ditado do dia: “Apanha-se mais depressa um mentiroso que um coxo”.