Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Putos bétinhos

por josé simões, em 27.12.06

O Diário de Noticias na edição de hoje pergunta a várias personalidades da vida portuguesa “O que deixou para resolver no fim do ano?”.

 

Nuno Melo, líder parlamentar do CDS/ PP, ocupado que estava a conspirar contra o líder do partido Ribeiro e Castro e, a bajular Paulo Portas:

 

“ (…) infelizmente, só nestes últimos dias tentei fazer uma reserva de avião com destino algures ao continente americano e não consegui. Nem mesmo para o Brasil. Como consequência, tenho agora de passar o fim de ano em Portugal, o que me serve de aviso: para a próxima tenho de reservar antecipadamente.”

Leia-se nas entrelinhas: vai ser uma tristeza! Passar o ano junto da ralé nesta espelunca à beira-mar plantada. Que infelicidade!

 

“Tenho resoluções importantes, quer a nível pessoal quer a nível profissional, apesar de nenhuma delas ser publicável. Mas devem ser perceptíveis.”

 

Ao nível pessoal, ganhou vergonha e demite-se?

 

Ao nível profissional, ainda não se demitiu por estar à espera de algum convite de alguma Unicer, como o camarada de partido Pires de Lima?

 

E também vai recorrer do expediente da suspensão do mandato, até que a maré mude, usando o vaivém Parlamento / Empresas tão ao gosto da nossa classe parlamentar?

 

Também aqui se aplica a máxima do post anterior. “Boas entradas, que as saídas estão a ser péssimas!”

2 comentários

Comentar post