Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

'POR QUE NÃO USAS A ARMA?'

por josé simões, em 15.01.08
George W. Bush está, hoje, na Arábia Saudita e, amanhã, no Egipto. Em ambos os países ele chega fortemente armado. Mas não deve usar a arma que tem. Infelizmente. A arma: na altura dos salamaleques com rei Abdullah e com presidente Mubarak, uma palavrinha. Ao saudita, fazer-lhe saber que gostaria que Fouad Al-Farhan fosse libertado; ao egípcio, o mesmo sobre Abdel Karim Suleiman. Na verdade, seriam precisas mais do que uma palavrinha, mas os assessores saberiam fazer Bush curto e persuasivo. Al-Farhan e Suleiman tinham um blogue. Em 2006, o saudita fora avisado que devia fechá-lo e fechou-o; mas voltou em Julho do ano passado, explicando as 25 razões por que voltava. Resumidas eram estas: "Quero falar." Em Dezembro foi preso. O egípcio escreveu contra "os professores da Universidade Al-Azhar [cairota] que não admitem que se pense diferentemente." Em Fevereiro, foi condenado a quatro anos. Pensando bem, talvez bastasse uma palavrinha a Bush: "Não."
 
Ferreira Fernandes no Diário de Notícias de hoje.