Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| A diferença entre um homem e um insecto

por josé simões, em 11.12.13

 

 

 

O vingativo e egocêntrico Cavaco Silva, o do discurso do Centro Cultural de Belém na noite da vitória para o segundo mandato presidencial, rancoroso, a remoer "ofensas" do passado e a deixar ameaças para o futuro, agora na África do Sul, hipócrita e sonso, a elogiar a grandeza e a magnanimidade de Nelson Mandela por, após 27 anos de prisão, sair "sem sentimentos de vingança, recriminação e algum ódio".

 

[Imagem]