Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| Ironia, humor negro, ou simplesmente uma coincidência

por josé simões, em 26.09.13

 

 

 

Mais uma loja do comércio tradicional fechada na baixa de Setúbal. É a crise, diz o povo. Uma loja de vestidos de noiva e fatos para casamentos, com mais de 30 anos de actividade. A crise a dobrar. Ninguém casa porque não há casa nem emprego e depois não nascem bebés. "O que é que é preciso fazer para que nasçam mais crianças em Portugal", perguntava o vazio técnico que ocupa a cadeira da Presidência da República como se não fosse nada com ele. Uma potência elevada a outra potência tem por base a mesma e por expoente o produto de expoentes, explicam os matemáticos. "Encaramos a crise como uma oportunidade para a adaptação do nosso modelo económico e para o fortalecimento da economia portuguesa", dizia, aqui há uns tempos, o primeiro-mentiroso. Uma oportunidade para engordar contas bancárias e forrar a papel de jornal as montras dos outros.

 

[A imagem é minha]