Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| Allahu Akbar

por josé simões, em 25.09.13

 

 

 

Foi a ausência do Estado, ou a sua demissão das funções que lhe competiam, que proporcionou a implantação das redes de solidariedade social nos países árabes, infiltradas e dominadas pelos fundamentalistas, com os resultados que se conhecem, e que nos inundam todos os dias a hora das refeições com imagens nos telejornais.

 

Recuando mais um pouco na História, até à Alemanha dos anos 30, quando o Partido nazi, no terreno, se começou a substituir ao Estado no apoio aos desempregados e às suas famílias, dando-lhes um sentimento de pertença e um objectivo por que lutar, fenómeno repetido hoje na Grécia com os neo-nazis do Aurora Dourada.

 

Mas como tudo isto fica debaixo da alçada da Santa Madre Igreja, que é quem está no terreno desde a fundação da nacionalidade, o problema do fundamentalismo e da "doutrinação" não se coloca. É lá a Igreja Católica capaz de uma coisa dessas?!

 

[Imagem de Roderick Hietbrink]