Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| Do PSD profundo – Uma estória de doutores

por josé simões, em 25.07.13

 

 

 

A Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, presidida pelo Dr. Rui Machete, tinha uma participação na Sociedade Lusa de Negócios, cujo Conselho Superior era presidido pelo Dr. Rui Machete, que foi posteriormente vendida, com "uma mais valia significativa" e com uma "remuneração muito interessante" e que gerou "resultados muito interessantes”, porque o modelo de gestão do banco levantava sérias dúvidas [ao vendedor ou ao comprador?] Dr. Rui Machete, que teve sempre a colaboração do presidente do banco nos esclarecimentos pedidos, o Dr. Oliveira Costa, secretário de Estado do Dr. Cavaco Silva [que também teve "remuneração muito interessante" com a venda das acções da SLN] e que anteriormente havia sido ilibado de quaisquer suspeitas, por uma comissão parlamentar de inquérito, presidida pelo Dr. Rui Machete, a propósito do perdão fiscal dado pelo Dr. Miguel Cadilhe [secretariado pelo Dr. Oliveira Costa], ministro das Finanças do Dr. Cavaco Silva e depois presidente do BPN.

 

"Uma certa podridão de hábitos políticos" é isto, ou estou a ver mal o filme?

 

[Imagem de Daveys Locker]

 

 

 

 

 

 

1 comentário

Comentar post