Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| Nada de novo, portanto

por josé simões, em 30.06.13

 

 

 

Atraso na formalização, vago, pouco concreto e sem calendário preciso. «Há quem julgue que Portas quer apenas fugir a ideias potencialmente impopulares». Nada de novo, portanto. Novidade é no Conselho de Ministros não haver a "típica" divisão entre o segundo maior partido da oposição e o partido do Governo. Nada que o Conselho de Coordenação da Coligação, em coordenação com os briefings diários conduzidos pelo secretário de Estado adjunto do ministro-adjunto do Governo adjunto de Cavaco Silva que, com intervenções pontuais e cirúrgicas, umas públicas, outras menos públicas e outras que nem por isso, e sem se meter em tricas partidárias nem interferir em áreas que são da exclusiva responsabilidade da Assembleia da República, não possa resolver. Isto é mau demais para ser verdade. Mas é.

 

[Imagem]