Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| Rewind/ Fast Forward buttons

por josé simões, em 12.10.12

 

 

 

Em 1938, Adolf Hitler, o então chanceler alemão, foi nomeado para o Prémio Nobel da Paz por E.G.C. Brandt, deputado ao parlamento sueco. Um no depois, 1939, começa a II Guerra Mundial e o resto é História, e História construída em cima das cinzas e dos escombros de uma Europa destruída pela guerra mais devastadora de que há memória.

 

Em 2012, uma União Europeia à beira da implosão porque e subjugada pela política económica de uma Alemanha, reconstruída e recuperada da destruição da II Guerra Mundial pelos Aliados, e igual entre os iguais na Europa para evitar que o passado fosse presente e futuro, é a vencedora do Prémio Nobel da Paz 2012 pelo seu papel histórico na união do continente.

 

Sempre a Alemanha.

 

[Imagem "Hitler viewing the victory", Hugo Jaeger, Time & Life Pictures]

 

 

 

 

 

 

4 comentários

Comentar post