Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

O senhor Presidente do Conselho

por josé simões, em 06.10.17

 

marcelo caetano.jpg

 

 

O Presidente da República recebeu as confederações patronais no âmbito da elaboração do Orçamemto do Estado para 2017. Há aqui qualquer coisa que me escapa...

 

 

 

 

Contas de sumir

por josé simões, em 06.10.17

 

rodland.jpg

 

 

Alguém devia ensinar às Anas Avoilas desta vida uma conta simples de fazer: quando uma empresa privada abre falência, fecha as portas e todos os  que lá trabalhavam vão a caminho do desemprego - sobrecarregar a Segurança Social, e mais o cortejo de miséria que os precede - família, filhos. contas para pagar e, com muito boa sorte, dependendo da idade, depois de muito penar vão iniciar uma carreira para outras bandas e tentar progredir a partir do zero sem metade dos direitos e garantias.

 

Como o patrão das Anas Avoilas deste vida como não abre falência, sobrecarrega os trabalhadores do sector privado com impostos, algumas deslocalizam, outras abrem falência e fecham portas, e todos os  que lá trabalhavam vão a caminho do desemprego - sobrecarregar a Segurança Social, e mais o cortejo de miséria que o precede - família, filhos. contas para pagar e, com muito boa sorte, depois de muito penar, vão iniciar uma carreira para outras bandas e tentar progredir a partir do zero sem metade dos direitos e garantias.

 

A coordenadora da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública acusa as propostas do Governo para o descongelamento das carreiras na função pública de serem uma "mão cheia de nada"

 

[Imagem]

 

 

 

 

O insulto à inteligência

por josé simões, em 05.10.17

 

manif anos 70.jpg

 

 

Que agora os comunistas, acossados pelo PS e ressabiados pelas câmaras municipais perdidas para os socialistas nas autárquicas de 1 de Outubro de 2017, vão encher as ruas todos os dias com manifs e bloqueios de protesto vários, por tudo e por mais alguma coisa; que agora os sindicatos afectos ao PCP vão criar uma onda de greves na administração pública e nas empresas públicas; que vão paralisar o país e todas as repartições do Estado, com contratempos incalculáveis e prejuízos incomensuráveis para os serviços públicos e para a vida das pessoas. Como se as pessoas saíssem para a rua a mando dos comunistas, como se as pessoas desatassem a fazer greves e a perder um dia de salário e de subsídios diversos agregados só porque alguém lhes diz para fazerem greve, só porque o PCP lhes manda fazer. As pessoas não saem para a rua porque se sentem injustiçadas, as pessoas não fazem greve porque se sentem exploradas e espoliadas, fazem-no porque são acéfalas às ordens da Brigada Brejnev que domina os sindicatos, por ordem do partido que lhes pede o voto nas urnas, no segredo da cabina de voto, e que elas recusam dar, para virem depois para as ruas dar a cara, com palavras de ordem e bandeiras não mãos.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Viva a República!

por josé simões, em 05.10.17

 

Visconde_da_Ribeira_Brava_após_a_revolução_de_5_de_Outubro_de_1910.jpg

 

 

[Imagem]

 

 

 

 

A caricatura

por josé simões, em 04.10.17

 

Vern Blosum.jpg

 

 

A caricatura, que levou dois longos anos para perceber que era uma caricatura, diz que se vai embora para não ser apontado e acusado de caricatura, se bem que, se decidisse continuar, tinha apoios internos que lhe permitiam continuar como caricatura, afiança. Mais caricatura menos caricatura e mais importante que ver a lista de caricaturas assumidas, na calha ou envergonhadas, para suceder à caricatura na liderança do partido, numa espécie de "regresso ao passado", "primeiro como tragédia, depois como farsa", é perceber o que vão agora fazer, o lugar dentro do partido para ideólogos e apóstolos da caricatura - Miguéis Morgados, Brunos Maçães, Avillezes, Ruis Ramos, Marias Joões Marques, Abreus Amorins, Josés Manuéis Fernandes, Camilos Lourenços, assim de repente e perdoem-me os que ficaram esquecidos, e de uma bancada parlamentar miserável e indigente, pontuada por Hugos Soares e Duartes Marques, a levar goleada de qualquer das outras de qualquer latitude em qualquer que seja o tema a debate, transformando aquele que já foi o maior partido português numa caricatura.

 

[Imagem]

 

 

 

 

O triunfo da imbecilidade

por josé simões, em 03.10.17

 

 

 

O País Está de Luto

por josé simões, em 03.10.17

 

 

 

[Daqui]

 

 

 

 

Para memória futura, II

por josé simões, em 03.10.17

 

1 (1).jpg

 

 

2 (1).jpg

 

 

3 (2).jpg

 

 

4 (1).jpg

 

 

5 (1).jpg

 

 

6.jpg

 

 

7.jpg

 

 

Photos From Catalonia's Independence Vote

 

[Para Memória Futura, I]

 

 

 

 

In Memoriam

por josé simões, em 02.10.17

 

Tom Petty.jpg

 

 

Tom Petty

 

1950 - 2017

 

 

 

 

Sumário

por josé simões, em 02.10.17

 

estyle1010.jpg

 

 

Das eleições autárquicas, que passou a falar de política nacional a a tentar surfar todos os relatórios inventados e todas as pequenas más notícias ampliadas até à catástrofe, não se tiram ilações nacionais. Além disso o "doutor Costa não ganhou as eleições em 2015", foi ele quem as ganhou, e assim sendo não se demite para não deixar órfão e sem liderança um partido sem liderança e órfão desde 2015, o ano em que o doutor Costa não ganhou as eleições. Vai reflectir. Como diz o doutor Cavaco Silva, o que quer que isso possa significar, "trago sempre no bolso as chaves do meu carro" e se Passos Coelho, o doutor Passos, reflectir, tudo muito bem reflectidinho, ainda vai a tempo de inventar uma empresa a meias com o doutor Relvas que lhe permita candidatar-se ao Portugal 2020 e começar de novo.

 

[Imagem]

 

 

 

 

O Dia da Vergonha

por josé simões, em 02.10.17

 

ara.jpg

 

 

corriere_della_sera.jpg

 

 

liberation (1).jpg

 

 

newyork_times.jpg

 

 

 

 

daily_telegraph.jpg

 

 

diario_americas.jpg

 

 

die_welt.jpg

 

 

elperiodico.jpg

 

 

ft_us.jpg

 

 

lavanguardia.jpg

 

 

lefigaro.jpg

 

 

lesoir.jpg

 

 

segre.jpg

 

 

tagesspiegel.jpg

 

 

the_independent.jpg

 

 

the_national.jpg

 

 

western_mail.jpg

 

 

 

 

Jornalismo "de referência"

por josé simões, em 01.10.17

 

expresso (1).jpg

 

 

Depois das gordas na primeira página o barrete enfiado pelo Expresso aos leitores merece um esconso 4.º ponto em letras miudinhas.

 

 

 

 

Para memória futura

por josé simões, em 01.10.17

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fim-de-semana

por josé simões, em 01.10.17

 

Generation X - Wild Youth.jpg

 

 

Este fim-de-semana foi assim.

 

Wild Youth ~ Generation X

 

[7" vinyl]

 

 

 

Pág. 5/5