Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

"Dá razão"

por josé simões, em 28.05.16

 

público.jpg

 

 

1. Os contratos de associação em questão foram submetidos à fiscalização prévia do Tribunal de Contas (TC) em 2015.


2. Como é habitual, foi produzida uma informação técnica preparatória, pelos Serviços de Apoio do Tribunal, a qual não tem natureza vinculativa e não é notificada às partes.


3. O Tribunal de Contas considerou que os contratos em causa estavam de acordo com a legislação em vigor e que os encargos deles resultantes tinham o devido suporte financeiro, pelo que concedeu visto.


4. Em sede fiscalização prévia, o TC não se pronunciou nem tinha que se pronunciar sobre as questões contratuais que neste momento estão em discussão pelas partes envolvidas.

 

 

 

 

O idiota útil

por josé simões, em 28.05.16

 

anonimo.jpg

 

 

Depois do maior ataque ao Estado social de que há memória em 40 anos de democracia, perpetrado em quatro anos de Governo da direita radical, depois de todos os retrocesso na saúde, na educação, na justiça, em direitos e garantias, o extremismo e o radicalismo, à direita, continua a ser "centro-direita":


[...] aqui em Portugal queremos fazer do centro-direita o adversário absoluto e fazer da extrema-esquerda o nosso parceiro permanente.


É disto que a direita se alimenta, de idiotas úteis.


[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Há lodo no cais

por josé simões, em 28.05.16

 

sindicato+de+ladroes-1954.jpg

 

 

A UGT quer que a representatividade que não lhe é reconhecida no meio laboral, que os trabalhadores que não tem sindicalizados lhe paguem uma quota mensal como forma de legitimar a luta da UGT, since 1978, na retirada de direitos e garantias, aos trabalhadores, na desvalorização da contratação colectiva, na assinatura de sucessivos códigos do trabalho com condições cada vez mais gravosas, para os trabalhadores, sempre em benefício da rigidez patronal, com a promessa de um amanhã que canta, e que canta sempre para a mais-valia dos patrões e dos accionistas.


Trabalhadores terão de pagar à UGT por contratos colectivos de trabalho


"Há lodo no cais" é o título em Portugal, "Sindicato de Ladrões" foi o título recebido no Brasil.


[Imagem]

 

 

 

 

Relatório e Contas. Resumo da Semana

por josé simões, em 28.05.16

 

use less words.jpg

 

 

[Daqui]

 

 

 

 

Porque hoje é sábado

por josé simões, em 28.05.16

 

Antanas Sutkus.jpg

 

 

Untitled, 1960


Antanas Sutkus