Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| Imprensa falsa

por josé simões, em 16.03.16

 

 

 

«Governo dá 17 milhões aos taxistas, mas abre claramente a porta a uma nova regulamentação que pode deixar a Uber a operar livremente no mercado. Taxistas não gostaram.


Segundo eles, [os taxistas] o Governo dá "um pacote que pode ir até aos 22 milhões", mas por outro lado "abre a porta a legalização da Uber".»


Do partido do táxi ao partido do taxista vai um bocadinho assim.


Palavras chave: Milhões de Euros, Impostos, Contribuintes, Impostos, Orçamento do Estado, Impostos, Corporações, Impostos.

 

 

 

 

||| O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 16.03.16

 

palhaço.jpg

 

 

"mudam os discursos em função das plateias que têm pela frente, nós não somos desses". Luís Montenegro, líder do grupo parlamentar do PSD dirigindo-se à bancada do PS antes da votação do Orçamento do Estado para 2016.


[Imagem]

 

 

 

 

||| É isto, não é?

por josé simões, em 16.03.16

 

Redenção de Cam.jpg

 

 

Lula da Silva não é corrupto. Não há corruptos no Partido dos Trabalhadores. Dilma Rousseff não pactua com a corrupção. É tudo uma conspiração de brancos, habituados a pretos como serviçais, ricos e ressabiados com a diminuição das desigualdades e do fosso entre ricos e pobres no Brasil da era PT, ansiosos pelo regresso da miséria e do chicote, o dia da desforra. A luta de classes a sul do equador. É isto que querem que se veja nesta fotografia, não é?


No país da miscigenação. Por amor da Santa...


[Na imagem A Redenção de Cam]

 

 

 

 

||| Do Estado chinês e do Estado angolano?

por josé simões, em 16.03.16

 

money.jpg

 

 

Estamos a falar da Saúde, da Educação, da Justiça, os únicos sectores que vão resistindo à voragem, "libertadora", da "excelência" do sector privado, ou do Estado chinês e do estado angolano detentores de sectores estratégicos da economia? Do que é que se fala quando se diz da boca para fora, e sem quantificar, que o “peso do sector público em Portugal está a matar o privado”, num país chamado a salvar com o dinheiro dos seus impostos e a com as tripas e o coração a "excelência" do sector bancário privado?


[Imagem]