Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| Ainda que mal pergunte

por josé simões, em 09.02.16

 

An_English_summers_day__Southend_on_Sea__Essex__Sa

 

 

Se em 2013 o horário de trabalho dos trabalhadores do Estado passou de sete para oito horas por dia e de 35 para 40 horas por semana sem que os abrangidos pela medida tivessem visto o seu salário aumentado na respectiva proporção, logo não havendo aumneto da despesa para o Estado, porque é que em 2016 o regresso a sete horas diárias/ 35 semanais vai implicar custos para o erário público?


[Imagem "An English Summers Day Southend on Sea, Essex, Saturday 17 August 1974", Homer Sykes]

 

 

 

 

||| Coerência

por josé simões, em 09.02.16

 

Sem título.png

 

 

Coerência é a imprensa económica do pensamento único dominante que andou 4 anos a dar améns ao Governo da direita por ter acabado com feriados, tolerâncias de ponto e pontes, que eram feitas às custas de dias de férias que levaram um corte de 5 dias, tudo em nome da produtividade, do crescimento e da recuperação económica do país, nada por causa da mais-valia do patrão e accionista, não ter edição em papel à terça-feira de Carnaval, que não é, nem nunca foi, feriado.


[Imagem retirada do SAPO/ Jornais/ Economia]