Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| "Ser do CDS", o faduncho manhoso

por josé simões, em 07.02.16

 

CDS.jpg

 

 

Ser do CDS no Alentejo” - a coragem, deixo o estribilho a quem sofreu na pele, e na família, o estar na praça à espera do capataz que vinha oferecer 5 tostões por dia aos homens e 4 às mulheres, para trabalho igual numa jornada de 12 horas, e a GNR chamada pelo agrário para pôr termo à contestação e reivindicação, que do agrário preso pela PIDE e que viu a GNR chamada pelos seus pares por pagar acima da tabela, e o mesmo a homens e mulheres, posso falar eu.


"Ser do CDS em Setúbal" - a coragem, era ser filho do presidente da Câmara, não eleito e nomeado pelo Estado Novo de Salazar, ou ser filho do legionário ou o legionário ele próprio, ou retornado e bufo da PIDE no ócio dos dias inteiros passados no café Central, no café Brasileira e no café do Hotel Esperança, à espera do dia em que o ELP e o MDLP haviam de libertar Portugal dos comunistas, primeiro, e da democracia, depois.


"Ser do CDS" - a coragem, é um faduncho manhoso que cantado muitas vezes atinge o estatuto de fado verdade nesse "partido fundador do regime democrático". Amém.


[Imagem]

 

 

 

 

||| Fim-de-semana

por josé simões, em 07.02.16

 

She Drives Me Crazy ~ Fine Young Cannibals.jpg

 

 

Este fim-de-semana foi assim.


She Drives Me Crazy ~ Fine Young Cannibals


[7" vnyil]

 

 

 

 

||| O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 07.02.16

 

in-mirror.jpg

 

 

"Do meu ponto de vista, aquilo que o orçamento traz, e que não é bom, é um grande aumento dos impostos que vão prejudicar sobretudo as empresas, a classe média."


[Imagem]