Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 03.04.14

 

 

 

A capa da Forbes, Espanha

 

 

 

 

 

 

||| 25 de Abril de 1974 – 25 de Abril de 2014, 40 anos de sons e palavras [34]

por josé simões, em 03.04.14

 

 

 

A Internacional – Coro do Teatro de S. Carlos

 

[7” vinyl]

 

 

 

 

 

 

||| Papagaio louro de bico dourado, leva-me esta carta ao meu namorado

por josé simões, em 02.04.14

 

 

 

A lengalenga é simples e até que já passou a verdade científica de tantas vezes repetida pelo primeiro-ministro, senhor Coelho, pelo vice-trampolineiro vice-primeiro-ministro, senhor Portas, e por todos os senhores, doutores e engenheiros, aios e escudeiros, com lugar cativo no comentário e análise politiqueira-economês a todas as horas e em todas as televisões.

 

As empresas pediam dinheiro aos bancos para satisfazer as suas necessidades de financiamento e os bancos, por sua vez, endividavam-se "lá fora" [e o "lá fora" é qualquer coisa de transcendente e etéreo, o nível imediatamente a seguir ao "eles" da vox pop] para satisfazer as necessidades das empresas, daí o mal que caiu sobre todos nós e o purgatório por mil anos, sem que ninguém os interrompa, logo na hora, com uma pergunta simples: e os bancos, endividavam-se "lá fora" para satisfazer as necessidades das empresas porque sim, porque eram bem mandados, tipo se os mandassem atirar-se de um penhasco abaixo eles iam?

 

A culpa é das empresas, pois.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

 

 

||| Substitua-se por uma placa com o despacho assinado por Cavaco Silva em 1992

por josé simões, em 02.04.14

 

 

 

Decreto-Lei n.º 404/82, "por serviços excepcionais ou relevantes prestados ao País", e logo por baixo os nomes dos "patriotas" Abílio Pires e Óscar Cardoso [na imagem].

 

«Câmara de Lisboa apresentou queixa pelo roubo de placa da antiga sede da PIDE»

 

 

 

 

 

 

||| O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 02.04.14

 

 

 

Pleno emprego alcançado através da erradicação, ou censura, das "redes sociais", estão explicados os dígitos de crescimento económico da Turquia, China, Arábia Saudita e et cætera.

 

Desempregados a quem já não sobra dinheiro para a prestação da casa, mais água e luz, mas que ainda vão aguentando a dose diária de feice coise e tuita para a veia, os manhosos.

 

Desempregados recentes na bloga e no feice coise e no tuita, os calaceiros, à procura de informação e opinião isenta, fora do circuito da comunicação social câmara de eco e capturada pela agenda ideológica que caiu sobre a Europa.

 

"o pior inimigo dos desempregados são as redes sociais. Muitas vezes as pessoas ficam desempregadas e ficam dias e dias inteiros agarradas ao Facebook, ou agarradas a jogos, agarradas a amigos que não existem e vivem uma vida que é uma total ilusão"

 

A dona Isabel calada é uma poetisa.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

||| 25 de Abril de 1974 – 25 de Abril de 2014, 40 anos de sons e palavras [33]

por josé simões, em 02.04.14

 

 

 

Braguesa – Júlio Pereira

 

[LP, vinyl]

 

 

 

 

 

 

||| Tudo tão previsível

por josé simões, em 01.04.14

 

 

 

Os mesmos que elogiaram os avisos de Cavaco Silva, O Avisador, esqueceram-se rapidamente dos avisos de Cavaco Silva, O Avisador, de que a «campanha eleitoral deve, pois, decorrer de uma forma esclarecedora, serena e elevada […] para que exista um debate de ideias em vez de uma troca de ataques […] e da necessidade da próxima campanha eleitoral para as eleições europeias compreender a apresentação pelos partidos de soluções para o país e não a crispação e conflitualidade»

 

Ou se calhar lembraram-se rapidamente, e seguiram à risca, os avisos de Cavaco Silva, O Avisador.

 

"Redigi uma pergunta escrita ao BCE, também ao seu vice-governador, doutor Vítor Constâncio, perguntando se confirma ou desmente as declarações do presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, o que terá dito em consequência e principalmente se  em consequência o Banco de Portugal também terá decidido alguma coisa"

 

[Imagem Mens Underwear Designer by Nancy Rica Schiff]

 

 

 

 

 

 

||| Profundamente abalado

por josé simões, em 01.04.14

 

 

 

Com estes ficcionistas da OCDE que insistem em pôr em causa estudos comprovadamente científicos e ideologicamente isentos.

 

«Para além de Portugal, também a Áustria, a Noruega, a Irlanda, e a Dinamarca estão de acordo com a média da OCDE.

 

Portugal somou 494 pontos, quando a média dos países da OCDE é 500 – uma diferença que no relatório não é considerada estatisticamente relevante»

 

[Imagem Petra Collins]

 

 

 

 

 

 

||| É hoje o dia de Pedro Passos Coelho dizer coisas

por josé simões, em 01.04.14

 

 

 

 

 

 

||| In Memoriam

por josé simões, em 01.04.14

 

 

 

Frankie Knuckles

 

1955 – 2014

 

 

 

 

 

 

||| Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 01.04.14

 

 

 

A capa da The Economist

 

 

 

 

 

 

||| 25 de Abril de 1974 – 25 de Abril de 2014, 40 anos de sons e palavras [32]

por josé simões, em 01.04.14

 

 

 

Nuvem Negra – Grupo Trovante

 

[7” vinyl]

 

 

 

 

 

 

||| "Um socialista de direita"

por josé simões, em 01.04.14

 

 

 

Ou a maneira como as coisas são ditas. E feitas. Como resposta aos fascistas da Frente Nacional, um fascista do Partido Socialista. A direita a marcar a agenda da esquerda. A esquerda? Qual esquerda? O que é a esquerda? Benito Mussolini também teve formação marxista e tertúlia com socialistas e anarquistas, com o próprio Vladimir Ilyitch Ulianov, durante o exílio na Suíça, e idolatrava Bakunin e Sorel. Ainda vamos a tempo de ver a República Social Francesa. Cem anos depois assitimos, um pouco por toda a Europa, à reposição do filme como se de um ciclo de cinema se tratasse. Dizem eles, os da austeridade, que é um desperdício, e um desperdício de dinheiros públicos, o ensino das ciências sociais, humanidades. Avante camaradas.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

Pág. 8/8