Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| "Uma análise detalhada"

por josé simões, em 27.09.12

 

 

 

O previsível resultado da "análise detalhada" é avançado, logo à partida, pelo analisador ainda antes de efectuada a "análise detalhada" – os exames são mais difíceis, a exigência é maior, a qualidade, no resultado final, aumentou. Para o ano estamos no top of the pops da OCDE. Pois.

 

Surpresa seria, será, que o resultado da "análise detalhada" refira que o desemprego aumentou, os salários dos que ainda têm emprego baixaram drasticamente, o IVA nos bens essenciais e nos serviços aumentou colossalmente, o preço dos transportes públicos disparou, os manuais escolares são mais caros que uma renda de casa, e que as famílias têm de fazer opções e primeiro está a barriga.

 

Estão de volta os pés descalços, o filho do rico estuda e pensa, o filho do pobre trabalha e obedece. Nada de novo, portanto.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Octophant

por josé simões, em 26.09.12

 

 

 

Com a benção do Governo do Cont’ nente, o Octophant, verdadeiro e ao vivo, ou como Alberto João Jardim já não está sentado ao lado de Paulo Rangel.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Trezentos e sessenta e cinco dias que abalaram Portugal

por josé simões, em 26.09.12

 

 

 

Em "Dez Dias Que Abalaram O Mundo" John Reed dá-nos conta da impreparação dos bolcheviques para a governação após a tomada do poder em Outubro de 1917 – o episódio da atribuição do Ministério das Finanças é particularmente elucidativo – o resto é História com agá grande e que só termina em 9 de Dezembro de 1991.

 

Em Portugal, e para relatar a revolução neolib de Junho de 2011, antecedida de um competente trabalho de agit-prop e contra-informação com o contributo e o alto patrocínio de descendentes da russa de 1917, vão aparecendo candidatos a John Reed.

 

Façamos votos para que não dure mais 7 meses quanto mais 70 anos.

 

 

 

 

 

 

|| É tudo nosso [deles]

por josé simões, em 26.09.12

 

 

 

O Conselheiro de Estado, e futuro candidato autárquico fora-da-lei, depois de ter malbaratado 16 milhões de euros dos impostos dos contribuintes a patrocinar o futebol profissional com salários pagos a peso de ouro, continua embalado fora-da-lei como futuro ex-presidente.

 

 

 

 

 

 

|| De corte em corte até à Democracia não custar dinheiro nenhum

por josé simões, em 26.09.12

 

 

 

«É este o espírito de um projecto de lei [

 

 

 

 

 

 

|| Tempos que correm

por josé simões, em 25.09.12

 

 

 

[Via]

 

 

 

 

 

 

|| Avante camarada!

por josé simões, em 25.09.12

 

 

|| Onde está o Wally?

por josé simões, em 25.09.12

 

 

 

Fundação Social-Democrata da Madeira, check.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Não se riam que o caso é sério

por josé simões, em 25.09.12

 

 

 

Uma vez, aqui há uns anos, largos, muito antes do Istagram para a posterioridade, numa aldeola ali para os lados de Bragança e de que não me recorda agora o nome, fui dar com uma barbearia, daquelas à antiga, com cadeira elevatória de alavanca, barba com pó de sabão e navalha amolada mesmo ao lado da orelha do cliente, e que tinha dois calendários na parede de cada lado do espelho, um com a Nossa Senhora de Fátima, em cima de uma oliveira adorada pelos pastorinhos, outro com a Samantha Fox, atrás do "airbag", adorada pelos clientes. Sagrado e profano, religiosidade popular e essas coisas assim.

 

Vem isto a propósito do paganismo da Igreja Católica, abençoado e estimulado pelo Vaticano, mais os seus santos para cada dia do ano e para todos os fenómenos, explicáveis ou não, à face da terra, do ar e do mar, e do culto pela imagem, para explicar de modo palpável coisas do etéreo, e dos turbilhões que gera na cabeça dos fiéis. Um pormenor em relação às outras duas religiões abraâmicas.

 

E se um homem primeiro, cardeal depois, um gonzo do Papa, o representante de Deus na terra, e que não funciona sem o olhar, sem o palpável para agarrar a Fé, se tivesse refugiado numa barbearia de uma aldeia de Trás-os-Montes?

 

[Samantha Fox na imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

 

 

 

|| Quinta-feira o Avante! explica

por josé simões, em 24.09.12

 

 

|| Uma história de formigas

por josé simões, em 24.09.12

 

 

 

|| Assim à primeira vista…

por josé simões, em 24.09.12

 

 

 

Podemos concluir duas coisas:

 

     - Os patrões, quer dizer, os empresários, preocupam-se com a saúde dos trabalhadores, quer dizer, dos colaboradores, e querem que deixem de fumar;

     - Os donos das tabaqueiras não são sócios do sindicato dos patrões, quer dizer, do sindicato dos empresários, quer dizer, da Confederação da Indústria Portuguesa.

 

«A Confederação da Indústria Portuguesa (CIP) quer manter o corte de 5,75% da taxa social única (TSU) paga pelas empresas e, para compensar esta redução, vai propor o aumento em 30% do imposto sobre o tabaco.»

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Com o Benfica perdido numa rotunda do António Costa

por josé simões, em 23.09.12

 

 

 

O momento zen do futebol de sofá e pantufas foi quando, na repetição da Sport TV, a linha de fora-de-jogo marcada no ecrã não é o momento do passe mas o momento em que Cardozo recebe a bola. Momentos. Palermo e contra-informação, awesome.

 

[José Esteves na imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Universitário de Verão [Capítulo II]

por josé simões, em 23.09.12

 

 

 

Povo de quase um milhão de desempregados malandros e calaceiros, levantai o rabo do sofá e ide trabalhar. Da boca para fora de uma cigarra-jota que até consegue abdicar dos direitos a que tem direito. Que falta de respeito.

 

Ver "Universitário de Verão", Capítulo I.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Fim-de-semana

por josé simões, em 23.09.12

 

 

 

Este fim-de-semana foi assim.

 

Islands - The XX

 

[7” vinyl]